8 séries LGBTQ em outros idiomas que você deveria assistir

A representação queer na mídia nunca brilhou tanto.
8 séries LGBTQ em outros idiomas

Nos últimos anos, ocorreram duas grandes mudanças no conteúdo de streaming televisivo por volta da mesma época. A primeira é a invasão de programas de TV internacionais — especialmente devido à Netflix, mas também à Amazon Prime e a outras plataformas — ou programas em outros idiomas para os quais telespectadores monolígues precisam de legendas ou dublagens. A segunda mudança é o crescimento de histórias centradas em pessoas de grupos marginalizados, incluindo mulheres, pessoas pretas e não brancas, pessoas com deficiência, LGBTQ+ e suas famílias. Por que não combinar essas tendências positivas e assistir aos melhores programas de TV LGBTQ em outros idiomas?

Aqui trazemos alguns seriados internacionais de sucesso com representação queer que você pode ver online. Seja para praticar suas habilidades linguísticas ou simplesmente para conhecer mais conteúdo queer, temos certeza de que esses programas de TV LGBTQ merecem ser maratonados.

8 séries LGBTQ em outros idiomas

1. Elite

Plataforma: Netflix

Nessa série original da Netflix em espanhol, um assassinato misterioso em uma escola particular na Espanha se desdobra em cenas no futuro com uma história no presente repleta de sexo, paixão e corrupção. Esse seriado é notável por ter personagens gays e bissexuais bem desenvolvidos e um enredo que vai de histórias sobre assumir sua sexualidade a calorosas cenas de sexo a três. Como de costume, recomendamos assistir à série no original em espanhol e usar as legendas em português — na versão dublada, você não aproveita para estudar o idioma.

2. Dix Pour Cent

Plataforma: Netflix

A série francesa Dix Por Cent (“Dez Por Cento”) conta a história de quatro agentes trabalhando em uma agência de talentos em Paris. Divertida e dramática na mesma medida, a série leva os telespectadores aos bastidores, em que os agentes trabalham para solucionar crises envolvendo sua clientela de astros do cinema. Uma das personagens principais é uma mulher lésbica e, no que diz respeito a programas de TV LGBTQ, este faz um bom trabalho retratando questões como maternidade queer, incluindo o relacionamento com o doador de esperma e como acrescentar uma parceira do mesmo sexo na vida de uma criança.

3. Suburra: Sangue em Roma

Idioma: Italiano

Plataforma: Netflix

Essa série dramática criminal foi a primeira série original da Netflix em italiano. Baseada no filme Suburra e no romance de mesmo nome, ela conta uma história de violência entre mafiosos, políticos corruptos e membros do clero do Vaticano. Um dos personagens principais é um mafioso e gay não assumido que, entre outras adversidades, tem de enfrentar uma família católica conservadora e um casamento arranjando com uma mulher.

4. A Casa das Flores

Idioma: Espanhol

Plataforma: Netflix

Essa comédia de humor ácido com toques novelescos é centrada em uma família rica e disfuncional, proprietária de uma floricultura famosa no México. Quando a amante do patriarca revela todos os segredos dele em uma festa de família, as coisas saem do controle. A série não tem medo de trazer histórias LGBTQ e escancarar as realidades da homofobia, com personagens queer no elenco principal representando bissexuais, gays e pessoas trans.

5. Babylon Berlin

Idioma: Alemão

Plataforma: Netflix

Esse drama de época, baseado em uma série de livros de ficção históricoselogiados por sua veracidade, ocorre em Berlim, em 1929 durante a República de Weimar. Na série, o detetive policial Gereon Rath vai para a capital alemã investigar uma rede de pornografia e acaba descobrindo uma grande conspiração política. Um dos personagens frequenta um bar gay, onde artistas de cabaré fazem drag, e as festas de sexo selvagem retratadas na série são, ao que tudo indica, historicamente precisas.

6. Super Drags

Idioma: Português Brasileiro

Plataforma: Netflix

Uma animação de comédia brasileira, Super Drags é a história de três amigas que trabalham em uma loja de departamento durante o dia e protegem a comunidade LGBTQ como drag queens super-heroínas durante a noite. Embora só tenha uma temporada, a série é engraçada, colorida e orgulhosamente queer. O idioma original da série é o português, mas se você quiser praticar o inglês, essa série também é uma boa pedida: a dublagem em inglês conta com as vozes de algumas das estrelas do RuPaul’s Drag Race.

7. Here I Come

Idioma: Russo

Plataforma: YouTube

A websérie russa é especialmente importante porque ela foi produzida ao mesmo tempo que a lei homofóbica da “propaganda antigay” entrou em vigor na Rússia, que basicamente baniu qualquer discussão sobre ser queer e conteúdos LGBTQ para menores. Os criadores de Here I Come tentaram contornar a lei fazendo uma websérie independente, disponível somente para adultos (porém, as restrições do YouTube podem ser facilmente dribladas por menores de idade que realmente querem assistir à série). O seriado conta a história de um estudante de Direito em Moscou que está descobrindo sua sexualidade e está disponível no YouTube com legendas em inglês.

8. Alguém Tem De Morrer

Idioma: Espanhol

Plataforma: Netflix

Fechando nossa lista de programas de TV LGBTV em outros idiomas, temos outra série espanhola da Netflix. Alguém Tem de Morrer, ou Alguien Tiene Que Morrir, é uma minissérie de 3 episódios situada na Espanha dos anos 1950, quando relações entre pessoas do mesmo século eram ilegais. Criada por Manolo Caro, que também criou A Casa das Flores, esse thriller emocionante é sobre um jovem gay cuja família conservadora quer juntá-lo com a filha de um amigo da família. Quando ele retorna para a casa com um amigo bailarino do México, ele descobre que sua família fará de tudo manter o poder e esconder seus segredos.

Comece a aprender um idioma para assistir todas as suas séries favoritas em original.
EXPERIMENTE A BABBEL!
Compartilhar: