+B

Aprender Espanhol

“Babbel exceeds expectations, delivering high-quality, self-paced courses.”

“Exceptionally good site.”

“Babbel is one of the stalwarts of the online language-learning sphere.”

Vamos aprender espanhol?

Aprender espanhol

O espanhol, também conhecido como castelhano, é o segundo idioma mais falado do mundo, ficando atrás somente do mandarim. Isso significa que o espanhol é a língua ocidental mais falada do mundo, com cerca de 450 milhões de falantes nativos.

Vinte e dois países, a maioria distribuída pela América Central e América do Sul, têm o espanhol como língua oficial. O idioma também está fortemente presente nos Estados Unidos, graças à população de origem hispânica. O espanhol é ainda uma das línguas oficiais da União Europeia, da Unesco e do Mercosul, além de várias outras organizações internacionais.

Por isso, não há dúvidas: o espanhol é um dos idiomas mais importantes da atualidade. Aprender espanhol aumenta suas chances no mercado de trabalho, especialmente considerando a crescente influência dos mercados latino-americanos na economia mundial.

Além disso, estudar na Espanha ou em um país da América Latina é uma experiência para vida toda. E o contato com a língua espanhola também traz um imenso conhecimento e compreensão da cultura hispânica. Ou seja, há muitas boas razões para aprender espanhol.

Deixando o portunhol para trás

Talvez você esteja pensando: por que investir no aprendizado de espanhol? Afinal, como falante nativo de português, o espanhol é uma das línguas mais fáceis de aprender. Você pode achar que já dá para se virar muito bem com o portunhol e que vale mais a pena aprender um idioma difícil e distante do português, como o alemão.

Bem, o portunhol pode dar conta do recado se seu objetivo é só sobreviver a um fim de semana em Buenos Aires. Sem realmente conversar com a população local, não sair do centro turístico, sem vivenciar a cultura de forma autêntica e independente. Contudo, se você usar o idioma nos estudos, no trabalho ou numa viagem mais profunda, logo vai descobrir que o portunhol não basta.

O idioma espanhol pode parecer simples de longe, mas na prática é bem diferente. As variantes espanhola e latino-americana são tão diversas quanto as culturas dos seus países. Pense nisto: a Espanha e o México têm o espanhol como língua nacional, porém, a cultura e a história espanhola e a mexicana são bastante distintas. Essas diferenças são refletidas no idioma – seu vocabulário e sua pronúncia.

Também há uma série de falsos cognatos que pode provocar confusões embaraçosas: imagine ir a um restaurante e se irritar com o garçom por causa da cobrança de uma propina (gorjeta) na sua conta? Ou esperar à toa por um doce delicioso quando seu anfitrião diz que está na hora da sobremesa (tempo gasto à mesa depois de uma refeição, que pode ou não ser acompanhado por uma sobremesa – ou postre, em espanhol)?

Já deu para perceber que com o portunhol realmente não se vai muito longe. Para ser competente no idioma, descobrir e vivenciar as culturas hispânicas com autenticidade, você precisa aprender espanhol de verdade.

Como aprender espanhol

Agora que você já se convenceu da necessidade de aprender espanhol, resta a questão: Como aprender o idioma de forma eficiente, rápida e por um preço acessível? Confira a seguir diversas formas para aprender o idioma.

- Escola de idiomas

Provavelmente a forma mais tradicional de aprender uma língua estrangeira é em uma escola particular de idiomas, com um curso presencial. O lado bom desse método é a frequência: você tem que estudar o idioma, pelo menos, uma vez por semana. Porém, no cotidiano corrido da atualidade, muitas vezes é difícil encontrar um curso em um horário adequado e em um local de fácil acesso. Além disso, casualidades do dia a dia, como trânsito, chuvas e emergências, podem atrapalhar seus estudos.

- Professor particular

Se você encontrar um professor particular qualificado, essa pode ser uma boa forma de aprender espanhol. Mas não se esqueça de verificar se você gosta da metodologia dele – afinal, de nada adianta ter um professor competente se não houver empatia entre vocês. Encontrar um bom professor particular com disponibilidade é um grande desafio. Ademais, esse é um luxo que definitivamente não sai barato. Um professor experiente pode ter um preço por hora bem além do seu orçamento.

- Apostilas e livros didáticos

Outra forma tradicional de aprender idiomas é com apostilas e livros didáticos. Mas aqui as desvantagens infelizmente superam as vantagens: por mais que você goste de escrever e ler em papel, com certeza não vai querer sair por aí carregando um material pesado, com 200 páginas ou mais. Assim, fica difícil aproveitar momentos livres para estudar. Outro fator negativo é que, em um mundo em constante transformação, apostilas e livros rapidamente se tornam desatualizados. Você não pode confiar no material para lhe oferecer informações precisas, atuais e relevantes.

- Intercâmbio e cursos de idiomas no exterior

Para muitos, esta é a maneira perfeita de aprender um idioma estrangeiro: estudando no país onde a língua é falada, aprendendo diretamente da fonte. Porém, esse sonho não sai barato e vem acompanhado de muita burocracia: vistos, passaporte, taxas, passagens aéreas, registros de moradia e muito mais. Superados todos esses obstáculos, há mais uma questão que deve ser considerada: quando você vai para um país estrangeiro faz sentido já ter alguma base no idioma para conseguir lidar com assuntos cotidianos. Assim, não espere chegar ao país para começar a aprender.

- Cursos de idiomas on-line

Com tecnologia cada vez mais sofisticada e a necessidade de métodos de ensino flexíveis, cursos on-line deixaram de ser uma tendência do futuro há muito tempo. Fazer um curso on-line é tão comum na atualidade que é possível aprender de tudo pela internet: de como fazer seu próprio vinho a desenvolver aplicativos para smartphones. Com idiomas não é diferente – há uma extensa e diversa oferta on-line para quem quer aprender espanhol. Por isso, é fundamental pesquisar e comparar os cursos com atenção. Plataformas gratuitas podem coletar seus dados em troca do acesso ao material. Sua privacidade não é só ferida, como você também não tem garantias sobre a qualidade do curso, pois não sabe quem o elaborou. Ou seja, na hora de escolher um curso on-line, todo cuidado é pouco.

Espanhol com a Babbel

A Babbel oferece cursos de espanhol on-line por valores acessíveis. Nosso método foi desenvolvido por uma equipe altamente qualificada de professores, educadores e especialistas em idiomas que acreditam em um aprendizado efetivo, divertido, interativo e dinâmico.

Nossos cursos são especialmente elaborados para você: nós sabemos quais facilidades e dificuldades um falante de português encontra ao aprender espanhol. Dessa forma, partimos daquilo que você já sabe, construindo novas pontes de conhecimento para que você possa chegar aonde deseja.

Exercícios interativos com imagens e áudio, explicações de gramática precisas e descomplicadas, sistemas de Revisão e de Reconhecimento de Voz, atividades extras e informações sobre tradições e costumes culturais – os [cursos de espanhol da Babbel oferecem tudo isso e muito mais.

Com aplicativos disponíveis para Android e iOS (iPhone, iPad e iPod touch), você pode aprender espanhol onde e quando quiser. Além disso, todo progresso é salvo na nuvem, assim você pode continuar estudando no dispositivo de sua escolha.

Não perca tempo, deixe o portunhol finalmente para trás e venha aprender espanhol com a Babbel!