Babbel Logo

Comece a falar um novo idioma agora. Experimente de graça!

Como aprender idiomas ajuda a combater estas 5 causas de estresse

Aprender um novo idioma pode ajudar a diminuir o estresse no dia a dia significativamente. Nós examinamos as 5 maiores causas de estresse e explicamos como aprender um novo idioma ajuda a combatê-las. Assim, você vai relaxar aprendendo um novo idioma!
Author's Avatar
ESCRITO POR Thea Bohn
Como aprender idiomas ajuda a combater estas 5 causas de estresse

Ilustrado por Sheree Domingo

Por que é importante aprender um idioma para levar uma vida mais saudável?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou o estresse como um dos maiores riscos para a saúde no século XXI. Segundo a OMS, a depressão, que muitas vezes pode ser desencadeada em situações de extremo estresse, será a maior causa de afastamento do trabalho até 2020.

Isso deve ser um grande incentivo para você aprender um novo idioma: ao estudar uma língua, você está combatendo ativamente as 5 maiores causas de estresse – e com um efeito colateral incrível: no final, você sai falando um novo idioma!

Para você não acabar se frustrando ainda mais na hora de tentar aliviar o estresse, nós vamos mostrar para você como superar as 5 causas de estresse mais comuns – e como relaxar pelo caminho.

1. A pressão de ser perfeccionista

Quem é perfeccionista nunca está satisfeito. Quando temos altas expectativas para nós mesmos, a pressão é intensa, logo, nos sentimos tensos e não conseguimos pensar em outra coisa. O que fazer então?

Ao estudar um novo idioma, você aprende uma das lições mais importantes desde as primeiras frases: os erros são úteis! É errando que você aprende como o idioma funciona. Você acaba tendo um melhor entendimento das estruturas gramaticais, com todas suas regras e exceções e – no mais tardar, depois de alguns erros vergonhosos – você vai reconhecer com mais facilidade os falsos amigos. Assim, aos poucos, seu medo subconsciente de cometer erros diminui sem afetar sua autoestima, uma vez que após o erro você se sente mais inteligente do que antes dele. Aprender dessa maneira traz a noção de que um bom desempenho não precisa ser baseado no perfeccionismo – e isso deixa a gente muito mais relaxado do que sombra e água fresca.

2. A sobrecarga no trabalho

Amanhã você precisa fazer uma apresentação para os seus sócios espanhóis, por isso separou algumas horas na sua agenda para praticar. De repente, surge uma tarefa urgente. E agora? O trabalho é uma das principais causas de estresse.

Você com certeza vai questionar se aprender um novo idioma pode realmente ajudar a combater o estresse no trabalho – afinal, estudar exige um esforço extra. Porém, ao aprender uma nova língua com um aplicativo, você pode exercitar várias habilidades úteis, como:

  • Administrar seu tempo
  • Estabelecer prioridades e metas
  • Organizar-se melhor
  • Ganhar autoconfiança
  • Solucionar problemas

Assim, aprender um novo idioma também pode influenciar seu modo de trabalhar em outras áreas. Sua nova eficácia se traduz em relaxamento quando você lida com uma aparente sobrecarga de trabalho de forma mais objetiva e consegue resolver problemas com mais assertividade.

 

3. Dificuldade para interagir

Você chegou em Valência e, no hotel, não consegue entender por que os funcionários não querem deixar você subir ao quarto? Em uma situação dessas, ficar sem saber o que está acontecendo geralmente acaba nos levando ao desespero. O motivo para isso – muito humano, aliás – é o terrível sentimento de impotência e a frustrante sensação de alienação.

Por isso, refrescar (ou adquirir) conhecimentos em um idioma (neste caso, espanhol) antes da viagem nunca é uma má ideia. Aprender idiomas traz uma série de vantagens quando você precisa lidar com pessoas de outras culturas, a mais óbvia é que você melhora suas habilidades de comunicação – não apenas porque você entende e fala outro idioma mas também porque sua escolha de vocabulário se torna mais precisa e consciente. Somente quando você compara idiomas diferentes, consegue perceber diferenças sutis no significado de palavras – tanto na sua língua materna quanto no idioma estrangeiro.

4. Distrações e a falta de concentração

Você estava tentando escrever um discurso de agradecimento, mas de repente começa o barulho da furadeira do vizinho, ou então o de buzinas incessantes bem debaixo da sua janela. E agora? Você só consegue ficar olhando para a folha em branco? Estímulos externos, como barulho e frio, têm um efeito negativo no nosso bem-estar e andam juntos com a falta de concentração, pois muitas vezes não conseguimos ignorar essas distrações. Pelo contrário: nós nos desconcentramos com essas fontes de estresse.

Se não for possível para você escolher um lugar mais adequado para trabalhar ou estudar, pequenos exercícios de concentração podem ajudar a filtrar essas distrações e a reduzir o estresse. Há vários exercícios criativos para aumentar a concentração que você pode fazer facilmente no dia a dia.

É aqui que entra o aprendizado de idiomas! Ao falar e praticar um novo idioma no cotidiano, você está exercitando as duas partes do seu cérebro – e de uma forma prazerosa! Pense no aprendizado de idiomas como uma boa preparação para as situações em que você precisa lidar com estímulos externos. Com o tempo, sua capacidade de concentração vai melhorar, assim como sua habilidade de reduzir o estresse.

5. Questões pessoais

Essa categoria engloba muitos dramas e problemas que são fontes de estresse constantes durante a vida inteira. Não importa se você brigou com seu melhor amigo, se separou recentemente do seu parceiro ou está diante de uma grande decisão: pode ter certeza que você vai acabar se estressando. Será que para lidar com problemas pessoais, aprender um idioma pode ajudar mais do que comer chocolate?

Conflitos pessoais são estressantes porque eles atingem os pilares fundamentais da nossa identidade e sacodem violentamente a ordem do nosso mundo. Por isso, nesses momentos, é importante fortalecer a autoestima. Aprender – e falar – um novo idioma promove uma sensação de sucesso e torna você mais forte para encarar as incertezas, além de desviar o foco para outra atividade.

Em relação a conflitos interpessoais, também há um efeito positivo: você aprende a lidar com a falta de comunicação e mal-entendidos de forma mais adequada e eficaz, pois sua empatia é fortificada. Por último, mas não menos importante: aprender idiomas também abre as portas para conhecer várias pessoas interessantes!

Qual idioma você gostaria de aprender?

Qual idioma você gostaria de aprender?