Fale um idioma como sempre sonhou

Aprenda idiomas como nunca. Baixe o aplicativo gratuitamente!

Escolha um idioma – a primeira lição de cada curso é grátis!

9 essenciais provérbios alemães que ilustram a vida com salsichas, cervejas e pôneis

Estes provérbios sobre começos, fins, salsichas e pôneis ajudam a entender o modo de pensar dos alemães.

Escrito por Gabriel Mestieri

Ilustrações por Chaim Garcia

Aprender um idioma é uma das melhores maneiras de entender outra cultura. Às vezes, você tem que se colocar, de verdade, no lugar dos falantes nativos: pensar como eles pensam, tentar ver o mundo sob o ponto de vista deles. Esse processo pode ser muito bem complementado com alguns provérbios, já que eles ilustram a maneira de pensar de um povo.

Os ditos populares também desconstroem alguns mitos sobre a língua alemã, como o de que que ela é dura, direta demais, sem humor, poesia ou outros respiros: estas expressões são cheias de imagens e ironia.

E se as cervejas, as salsichas, os pôneis e os peixes fedidos destas expressões não forem suficientes para você se divertir com o idioma alemão, eu também divido o modo como interpreto e vivo essas máximas, já que elas têm bastante a ver com a minha mudança para Berlim. Vamos começar pelo início…

"Aller Anfang ist schwer." (Todo começo é difícil)

Então, finalmente decidi me mudar para Berlim. Deixei meu emprego em São Paulo, comprei uma passagem só de ida e reservei um hostel por duas semanas. Falando assim parece fácil, mas certamente não foi. As duas semanas no hostel se aproximavam do fim e eu começava a perceber, da maneira mais difícil possível, que a procura de um lugar para morar em Berlim pode se estender por meses. Encontrar um emprego também não foi fácil: sim, Berlim oferece várias vagas, mas encontrar uma que se encaixe às suas necessidades e expectativas é outra história. Hoje, dois anos depois, eu acho que posso dizer aos recém-chegados: "mantenha a calma e não desista de procurar um canto para chamar de seu. Aller Anfang ist schwer, mas você encontrará em algum momento aquele apartamento dos sonhos em Kreuzkölln.

"Kein Bier vor vier." (Nada de cerveja antes das 4)

Composto por apenas 4 palavras, esse provérbio impressiona pela simplicidade e por ser um exemplo de que, às vezes, é possível dizer bastante em alemão utilizando poucos caracteres. Eu frequentava as aulas de alemão pela manhã e, sem ter nada para fazer o resto do dia, é claro que aprendi essa regra bebendo muitas cervejas vor vier. A primeira vez que ouvi essa expressão foi quando um colega espanhol se recusou a tomar uma cerveja comigo na hora do almoço. Eu fui assim mesmo e desde então essa expressão é uma das minhas favoritas, ainda que eu a desrespeite constantemente.



"Alles hat ein Ende, nur die Wurst hat zwei." (Tudo tem um fim, só a salsicha tem dois)

Assim como as cervejas, as salsichas são quase que imediatamente associadas à Alemanha e aos alemães. E, é claro, que elas também estão presentes nos ditados populares do idioma, neste caso, para explicar que tudo na vida passa. Portanto, não se preocupe tanto. Nem se apegue muito a nada, afinal… Mas o que faz essa expressão especial é que o seu começo faz você esperar algo bastante profundo e filosófico: “Alles hat ein Ende, [insira uma grande sabedoria aqui]". Mas, para a nossa sorte, a segunda parte quebra completamente essa expectativa ao contar algo óbvio envolvendo salsichas. Quem disse que os alemães não têm senso de humor? (Se você quiser saber mais expressões sobre salsichas, esse é apenas um de muitos exemplos. Não deixe de ler outras formas de se expressar no idioma alemão com salsichas neste artigo em inglês).

"Der Fisch stinkt vom Kopf her." (O peixe começa a feder pela cabeça)

Ainda na categoria dos comes e bebes, este provérbio coloca o olfato na lista de sentidos explorados pela sabedoria popular. Ao dizer que o peixe começa a feder pela cabeça – como confirma o químico Hartmut Rehbein neste texto em alemão –, o provérbio insinua que as pessoas no comando são as responsáveis quando algo dá errado. Para mim, essa expressão também pode ser interpretada no âmbito pessoal: muitos do seus problemas começam e existem apenas na sua cabeça.

"Nicht jede Kuh lässt sich melken." (Nem toda vaca se deixa ordenhar.)

Esse provérbio, ao meu ver, ilustra a importância da resistência, da manutenção da dignidade e do estabelecimento de limites. Às vezes, na vida, somos obrigados a fazer coisas de que não gostamos, e isso pode ser especialmente doloroso quando figuras de autoridade estão envolvidas. Seja um parceiro ou familiar abusivo, um agente arbitrário do Estado, um chefe intransigente ou um extremista religioso, é possível que em algum momento da sua vida você se depare com pessoas que acreditam poder dizer o que você deve fazer. Nesses casos, lembre-se sempre: Nicht jede Kuh lässt sich melken.

"Erst kommt das Fressen, dann die Moral." (Primeiro vem a comida, depois a moral.)

Essa não é exatamente uma expressão popular, mas uma citação famosa de A Ópera dos Três Vinténs, do dramaturgo alemão Bertolt Brecht. Para mim, ela exemplifica perfeitamente como as aflições mais urgentes da vida, às vezes, nos impedem de filosofar sobre questões mais existenciais (e importantes), além de servirem como uma espécie de pretexto para flexibilizarmos muitas de nossas ideias acerca do certo e errado . Essa expressão também dialoga com o meu início de vida em Berlim: ao chegar, tendo de encontrar um emprego e um lugar para morar, eu não tinha tempo de pensar nos mistérios da existência e do universo. Agora que essa fase inicial passou, eu finalmente tenho tempo para me perguntar: "Quem sou eu?" "O que estou fazendo nesse planeta?"

"Ein gutes Gewissen ist ein sanftes Ruhekissen" (Uma consciência limpa é o travesseiro mais macio que existe.)

Eu gosto de pensar que minha consciência sempre esteve (mais ou menos) limpa, mas ainda assim eu tive problemas para dormir durante toda a vida. Além disso, nunca ouvi falar que psicopatas sofram mais com insônia que o resto da população. Então, apesar de essa expressão soar bem, com sua rima e metáfora descolada, eu tenho que dizer que discordo completamente.

“Knapp daneben ist auch vorbei." (Quase ganhar também é perder.)

Esse ditado pode ser um pouco cruel para aqueles que deram seu melhor e chegaram em segundo lugar – afinal de contas, o importante é competir, certo? Errado, pelo menos de acordo com esse provérbio alemão. Mas não vamos levar tudo tão a sério: essa é uma ótima frase para provocar seu amigo alemão após vencer em qualquer esporte, competição, jogo de cartas ou videogame (e oportunidades não vão faltar, pois os alemães são loucos por jogos).

"Das Leben ist kein Ponyhof." (A vida não é uma fazenda de pôneis.)

Para fechar a lista, uma máxima que pode ser vista como um jeito bastante sarcástico de enxergar a vida: Das Leben ist kein Ponyhof. Portanto, espere muitos imprevistos, mudanças inesperadas, problemas, e assim por diante. Mas é claro que tudo depende da forma como você interpreta isso. Para mim, uma fazenda de pôneis (ou uma vida em que tudo acontece conforme o planejado) soa como algo extremamente entediante. Que bom que a realidade não é assim!

Quer aprender alemão?

Ja!