Como falar “oi” em inglês

Ficou sem palavras? Será que é Hi, Hey ou Yo!? Adentre o mundo anglófono com estilo e aprenda várias formas de falar “oi” em inglês – tão bem quanto os nativos!
Author's Avatar
ESCRITO POR Samuel Dowd
Como falar “oi” em inglês

Imagine que você está vivendo 100-300 milhões de anos atrás. Isso mesmo nada de smartphone, wi-fi, nem mesmo um bom cafezinho pode ser encontrado no planeta. Você é um dos primeiros Homo sapiens, passeando por uma floresta tropical em busca de plantas comestíveis. Em meio a reflexões profundas, contemplando uma larva gorda, você escuta um sussurro nas moitas. Seus mecanismos de luta ou fuga disparam, mas espere! Uma das suas melhores amigas da tribo pula do matagal verdejante e (imagine a sua surpresa) emite as primeiras palavras a serem articuladas pela espécie humana: 

“Hey gurl!”

Bem, talvez essa não tenha sido a primeira coisa a ser dita por um ser humano, mas se tivesse sido, tenho certeza de que o choque não seria pequeno. Após recuperar o fôlego, pode ser que você tenha respondido algo do tipo:

Who are you calling gurrrl, sister? (Quem você está chamando de amiga, mana?)

Hey gurl! significa Hello girlfriend! (Oi, amiga!) e é – eu avisei – uma maneira muito irreverente de como falar oi em inglês e deve ser usada com amigos próximos e em certos círculos sociais (jovens, urbanos, mulheres/LGBTQ+), com girl sendo escrito como gurl ou gurrrl. Pense na RuPaul’s Drag Race para ter uma ideia de como pronunciar.

A verdade nua e crua é que nós nunca saberemos quando os Homo sapiens começaram a falar, muito menos quais foram suas primeiras palavras. Mas deixando de lado esse mistério da antropologia linguística, ainda assim é certo que quando conhecemos alguém pela primeira vez, a forma como falamos oi revela bastante sobre nós. Codificadas nessas primeiras palavras estão informações sobre nossas origens, idade, educação e status social. Por exemplo, se você normalmente cumprimenta seus amigos com Ey blud (Hello, blood brother “Oi, irmão de sangue”), é bem provável que você seja um jovem britânico da classe trabalhadora crescido na região da Grande Londres.

Os falantes de inglês têm uma fantástica variedade de cumprimentos, cada um com ênfases e formas de uso sutilmente diferentes. Se você quiser adentrar a sociedade dos falantes de inglês sem obstáculos independentemente do seu nível , você precisa dominar as maneiras apropriadas de como falar oi em inglês. Suas primeiras palavras darão o tom da conversa, então as escolha com cuidado!

Quais são as maneiras de falar oi em inglês? Para ajudar você a provocar uma primeira impressão fantástica nos membros falantes de inglês da sua espécie, juntamos as melhores expressões.

Como falar “oi” em inglês com cumprimentos fáceis que você pode usar em qualquer lugar (bem, mais ou menos) 

Hi! Às vezes, é simples assim. Ao lado de Hello, este é o cumprimento mais comum e pode ser usado em qualquer lugar, a qualquer hora. Depois, vêm os cumprimentos relacionados ao horário do dia, que podem ser usados com ou sem good na frente. São eles Good morning, Good afternoon e Good evening, usados, respectivamente, de manhã, à tarde e à noite. Good torna o já perfeitamente aceitável Morning/Afternoon/Evening um pouco mais bem educado, porém, é comum deixá-lo de lado. Tenha o cuidado de evitar o ultrapassado Good day (a menos que você queira soar como um personagem de Dickens ou um vigário paroquial). Além disso, se você disser Night ou Good night, as pessoas vão achar que você está indo dormir!

Se você estiver em um primeiro encontro romântico, ou talvez conhecendo sua nova chefe, o ideal é demonstrar entusiasmo e abrir a conversa com Nice to meet you, Great to meet you!, Pleased to meet you ou It’s a pleasure to meet you, diferentes forma de dizer Prazer em conhecer você. Porém, se você estiver conhecendo a Barbra Streisand, o Barack Obama ou o Arcebispo da Cantuária, deve usar It’s a great honor to meet you, madam/sir/your grace É uma grande honra conhecer você, senhora/senhor/sua graça.

Em reuniões ou encontros acidentais com amigos antigos, amantes e colegas, exclame bem alto: Good to see you, Long time no see, It’s been ages! ou How’ve you been? Depois é com você como continuar essa conversa…

Contatos Imediatos de Primeiro Grau

É bem verdade que é preciso falar inglês com cuidado ao navegar pelos altos escalões, por medo de cometer um erro. Mas não se desespere: a maioria dos falantes de inglês é bastante amigável e descontraída! Com amigos e colegas, você aprenderá rapidamente que o informal é normal. Cumprimente as pessoas calorosamente com:

  • Hey
  • Hey you
  • Yo!
  • How’s it going/goin’?
  • What’s up?/Whassup?/’Sup?
  • What’s cookin’?
  • What’s new?
  • What’s happening?

Como falar “oi” em inglês ao redor do mundo

No topo dessa lista já espantosa, há uma variedade enorme nas formas de falar oi em inglês que são usadas mundialmente. 

Se você estiver com o pé na estrada nos Estados Unidos, pode tentar se misturar com os habitantes locais dizendo Howdy ou How do, partner? e, ao conhecer seu novo melhor amigo, Dude! ou Yo! Yo! Yo! (home boy).

Em ocasiões formais nas Ilhas Britânicas (um jantar na embaixada, por exemplo), cumprimente seus anfitriões com Charmed, I’m sure, A pleasure! ou How do you do?

No outro lado do espectro no dia a dia, em situações informais experimente uma das seguintes forma de dizer hello:

  • How do?
  • Wotcha!
  • Alright
  • Alright mate

Similarmente, em Liverpool você deve ouvir Alright laa, em Leeds; Areet, no Norte da Inglaterra; Aye up!, em Manchester; Y’alright cock?, e em Cornwall (segure-se) Wasson me cock? Londrinos bem animados da classe trabalhadora gritarão Oi oi saveloy! para você (literalmente, Hello sausage! Oi, salsicha!), enquanto a yoof (juventude) londrina se cumprimenta com Easy bruv (Take it easy, brother Vá com calma, mano), Ey blud! e ‘sup blud? (What’s up, blood brother? E aí, irmão de sangue?)

Em um fim de semana úmido na Irlanda, você ouvirá com frequência What’s the craic? (What’s the gossip?  Qual é a fofoca?), What’s the story? ou Top o’ the mornin’ to you! (um cumprimento bem clichê, raramente ouvido hoje dia, exceto em filmes estrelando duendes).

Descendo para a Austrália, encontramos o clássico G’day mate! (Good day, friend! Bom dia, amigo!). Nossos primos da Nova Zelândia costumam usar You alright? ou, aqueles da pequena cidade Wanganui, Eh bro (Hello brother Oi, mano!).

A última da lista é a Jamaica, onde o dialeto inglês é chamado crioulo jamaicano (também conhecido como patoá). Na próxima vez que você estiver na capital Kingston, espere que os habitantes locais iniciem uma conversa com Hey mon, wa gwaan? (Hello friend, what’s going on? Oi, amigo, o que está rolando?), Waapen? (What’s happening? O que está acontecendo?), Waddup? (What’s up? E aí?) e o frequentemente usado Rispeck! (Respect! Respeito!). Essas expressões não são apenas úteis na Jamaica, uma vez que o crioulo jamaicano também se faz presente em lugares distantes como Miami, Nova Iorque, Londres, Manchester, Toronto, Costa Rica e Nicarágua!

Então, é isso aí. A beleza caleidoscópica dos cumprimentos em inglês. Não se deixe intimidar se você ficar sem palavras, pode sempre dar um sorriso gentil, balançar a cabeça e repetir o que a pessoa com quem você está conversando acabou de falar… Rispeck!

Fale inglês como você sempre quis. Aprenda com a Babbel.
EXPERIMENTE AQUI UMA LIÇÃO GRÁTIS

Artigos recomendados

Saiba como se apresentar em inglês com o curso para iniciantes da Babbel

Saiba como se apresentar em inglês com o curso para iniciantes da Babbel

Com o aplicativo de ensino de idiomas da Babbel, você pode estudar inglês em todos os níveis de proficiência. Aqui apresentamos o que você vai aprender no Curso para Iniciantes 1 – e o que o torna tão especial.
ESCRITO POR Jutta Naumann
Os 20 verbos mais usados em inglês

Os 20 verbos mais usados em inglês

Inglês é um idioma fácil de aprender? Bom, pode não ser tão fácil assim, mas nós ajudamos com uma lista dos 20 verbos mais usados na ordem de frequência de uso. Ficou fácil agora, don’t you think?
ESCRITO POR Samuel Dowd
As 6 vantagens de aprender um idioma com o aplicativo Babbel (só precisa de 15 minutos por dia!)

As 6 vantagens de aprender um idioma com o aplicativo Babbel (só precisa de 15 minutos por dia!)

Se você quer aprender um idioma e começar a falar agora, deixe para trás cursos obsoletos e modernize a sua forma de aprender já. Custa pouco e vale muito.
ESCRITO POR Cristina Gusano
Author Headshot
Samuel Dowd
Durante seu bacharelado em escultura e seu mestrado em filosofia e artes temporais, Samuel Dowd viveu entre a Inglaterra e a Irlanda. Atualmente, ele trabalha como artista, cineasta, jardineiro, escritor e editor da Babbel. Sua paixão por experimentar e aprender coisas novas (de arquitetura a agricultura orgânica, passando por literatura e música em diversos idiomas) o levou a se aventurar pelo mundo. Samuel já morou na Finlândia, na Nova Zelândia, na Áustria, na Croácia e, desde 2013, em Berlim. Ele traduziu diversos trabalhos literários (um tanto estranhos, porém maravilhosos) para o inglês e ultimamente tem se esforçado em aumentar o tempo que consegue passar debaixo d'água sem respirar nem pensar em nada, em nenhum idioma.
Durante seu bacharelado em escultura e seu mestrado em filosofia e artes temporais, Samuel Dowd viveu entre a Inglaterra e a Irlanda. Atualmente, ele trabalha como artista, cineasta, jardineiro, escritor e editor da Babbel. Sua paixão por experimentar e aprender coisas novas (de arquitetura a agricultura orgânica, passando por literatura e música em diversos idiomas) o levou a se aventurar pelo mundo. Samuel já morou na Finlândia, na Nova Zelândia, na Áustria, na Croácia e, desde 2013, em Berlim. Ele traduziu diversos trabalhos literários (um tanto estranhos, porém maravilhosos) para o inglês e ultimamente tem se esforçado em aumentar o tempo que consegue passar debaixo d'água sem respirar nem pensar em nada, em nenhum idioma.
Qual idioma você gostaria de aprender?