“Hallo” em vez de “Oi” – Como fazer com que as pessoas não respondam sempre em português ou em inglês

Christine Konstantinidis é alemã, professora de idiomas, blogueira e autora do livro recém-publicado “Sprachen Lernen – Tolle Tipps und Tricks” (Aprender Idiomas – Ótimos Truques e Dicas). Seu lema para ensinar e aprender é o entusiasmo e a paixão pelo idioma em si – para que os que aprendem permaneçam motivados e alcancem seus objetivos […]
Author's Avatar
ESCRITO POR Babbel
“Hallo” em vez de “Oi” – Como fazer com que as pessoas não respondam sempre em português ou em inglês

Christine Konstantinidis é alemã, professora de idiomas, blogueira e autora do livro recém-publicado “Sprachen Lernen – Tolle Tipps und Tricks” (Aprender Idiomas – Ótimos Truques e Dicas). Seu lema para ensinar e aprender é o entusiasmo e a paixão pelo idioma em si – para que os que aprendem permaneçam motivados e alcancem seus objetivos de forma segura e prazerosa. Esse também é o objetivo de seu blog “Sprachenlernen leicht gemacht” (Aprender idiomas com facilidade) www.chkonstantinidis.wordpress.com!

Já aconteceu isso com você? Há meses, você faz um curso de alemão (talvez espanhol, francês, ou outro idioma), vai cheio de empolgação à Alemanha, toma coragem e começa a falar alemão: com o garçom, com a vendedora da loja, com o taxista, com os funcionários do hotel. E o que acontece? Todos te respondem em inglês, às vezes, até em português!

Como você reage? Como você não quer ofender ninguém ou iniciar uma discussão, você sorri de forma simpática e responde também em inglês e pensa consigo mesmo: “Deixe pra lá, eu ainda não sei falar bem mesmo. Quando eu souber falar bem, as pessoas vão me responder em alemão.”

No fundo, você está profundamente decepcionado e pensa: por que eu estou aprendendo esse idioma, afinal?

Mas o seu interlocutor, por exemplo um taxista alemão bem simpático, sabe que você quer aprender o idioma? Talvez ele pense que está fazendo um favor ao responder em um idioma que ele acredita que você domina.

Como fazer com que os alemães (ou epanhóis ou franceses) respondam na língua materna deles?

1)  Evite Berlim, mantendo a Alemanha como exemplo. Para lugares menos badalados,  campestres, como por exemplo, Meclemburgo, uma região com vários lagos. Em alguns lugares de lá, onde é muito mais difícil encontrar alguém que fale inglês, de modo que o problema desaparece por si só. Então, a dica é: evite locais turísticos.

2)  Insista. Se alguém responder em inglês (ou em português), apesar de você querer falar alemão, continue falando em alemão. Claro que não é uma boa ideia, se você notar que o vendedor ou o motorista do ônibus está muito estressado. Mas em geral, a insistência vale a pena.

3)  Comporte-se como se você não entendesse inglês. Como poucas pessoas falam português, elas vão se ver obrigadas a se comunicar com você na língua materna deles. Nesse caso, é preciso um pouco de talento teatral. Os seus companheiros de viagem, com certeza vão se divertir muito com o “show”!

4)  Diga a seus interlocutores que você quer apender alemão. Como precaução, escreva algumas frases em um pedaço de papel e coloque-o no bolso e mostre-as, se necessário. Com certeza, muitas pessoas vão reagir positivamente a seu pedido.

5)  Quando alguém responder em inglês, pergunte: “E como se diz isso em alemão?” Com certeza, você receberá a informação e apesar da resposta em inglês, você vaiaprender alguma coisa.

E se o interlocutor realmente não quiser falar em alemão com você? Aí, você agradece com um sorriso e procura outro! Você vai perceber que a maioria das pessoas vão tratar você de forma atenciosa e simpática e vão fazer de tudo para ajudar você a aprender o idioma. Então: coragem!

Artigos recomendados

Como criar um novo hábito de aprendizado

Como criar um novo hábito de aprendizado

Saber como criar um novo hábito de aprendizado é crucial para os seus objetivos de longo prazo. Veja como podemos ajudar a criar hábitos que mantêm a motivação no aprendizado regular de um idioma.
ESCRITO POR Babbel
O melhor método de estudo: o seu método

O melhor método de estudo: o seu método

Na hora de aprender um idioma, as opções são as mais diversas. Mas como escolher alguma que, além de eficaz, seja adequada às suas necessidades? A seguir, as especialistas da Babbel, Sara e Fidi, contam o que você pode fazer para aprender um idioma aproveitando seu tempo livre.
ESCRITO POR Babbel
Fantasmas ao redor do mundo: Como diferentes culturas celebram seus mortos

Fantasmas ao redor do mundo: Como diferentes culturas celebram seus mortos

No texto a seguir, além de revisitar algumas tradições do Halloween de sua infância no condado rural de Somerset, na Inglaterra, Megan apresenta curiosidades que aprendeu com seus colegas de trabalho da Babbel.
ESCRITO POR Megan Toon
Author Headshot
Babbel
Somos uma equipe de 750 pessoas originárias de 50 países, mas com uma paixão em comum: idiomas. Dos nossos escritórios em Berlim e Nova York, ajudamos outras pessoas a descobrir as maravilhas proporcionadas pelo ensino online de idiomas. Atualmente, oferecemos 14 idiomas de aprendizado — de espanhol a indonésio —, acessados por milhões de usuários.
Somos uma equipe de 750 pessoas originárias de 50 países, mas com uma paixão em comum: idiomas. Dos nossos escritórios em Berlim e Nova York, ajudamos outras pessoas a descobrir as maravilhas proporcionadas pelo ensino online de idiomas. Atualmente, oferecemos 14 idiomas de aprendizado — de espanhol a indonésio —, acessados por milhões de usuários.
Qual idioma você gostaria de aprender?