O que fazer em Lisboa? 10 lugares para visitar e não cair nas armadilhas turísticas

O que fazer em Lisboa se você quer fugir daqueles roteiros super turísticos? Flávia selecionou aqui 10 lugares para você aproveitar ainda mais a sua viagem em terras lusitanas.
Author's Avatar
O que fazer em Lisboa? 10 lugares para visitar e não cair nas armadilhas turísticas

Ilustrado por Sara Tomate

Lisboa é um dos destinos turísticos mais em alta na Europa no momento. A cidade se transforma a cada dia, e esta vivacidade é transparente nos seus mercadinhos, praias, lojas e miradouros cheios de turistas do mundo todo. Neste artigo, selecionei o que fazer em Lisboa, com 10 lugares da capital portuguesa que vão fazer a sua visita na cidade bem mais diversa. Além do meu guia, outra dica para quem prefere ficar longe do burburinho das áreas mais turísticas, é curtir uma das muitas praias que ficam próximas ou embarcar em um tour enológico.

Essas são boas oportunidades para conhecer as regiões que ficam nos arredores da cidade, como Sesimbra e Setúbal, que também sentem o reflexo do boom de turistas. Todas estas experiências certamente irão tornar a sua vivência na cidade e em seus arredores ainda mais completa. Prontos para conhecer mais da cultura lusitana? 

1.LX Factory

Lisboa

Este complexo industrial localizado no bairro de Alcântara abriga diversas lojas e restaurantes, além de uma feirinha de artesanato local que funciona aos domingos. Entre os destaques, estão a Landeau Chocolate (que serve um bolo de chocolate absolutamente maravilhoso), a loja de objetos garimpados Muito Muito, e a loja de design de interiores Pura Cal, com sua seleção de cerâmicas exclusivas e outros objetos para a casa. Quem ama livros, também pode passar um tempo na livraria Ler Devagar, com seu pé direito alto, janelas amplas e uma boa seleção de títulos para adultos e crianças, além de um café charmoso no primeiro andar. Aproveite também para apreciar a fachada do prédio que abrigou o Espaço Brasil, que funcionou durante o ano do Brasil em Portugal, entre 2012 e 2013, e foi pintada pelo artista brasileiro Derlon.

2. Feira da Ladra

Feira da Ladra

Se a ideia é reciclar e reaproveitar itens antigos e usados, mas cheios de estilo, este mercado de pulgas localizado no Campo de Santa Clara é um dos locais mais indicados da cidade. Separe um bom tempo para garimpar objetos e passear por itens únicos, e não estranhe ao ver as antiguidades espalhadas nas calçadas pelos vendedores. Com um pouco de paciência é possível encontrar alguns tesouros, como louças e prataria, além de peças de artesanato local. Vale lembrar que ele só funciona às terças e aos sábados.

3. Miradouro de Santa Catarina

Miradouro Santa Catarina

Este é um dos pontos de encontro dos jovens da cidade. Com uma vista privilegiada para o Rio Tejo, no local funcionam bares e restaurantes. Músicos de rua também aproveitam para tornar a atmosfera ainda mais agradável, tanto que atrai não apenas os turistas, mas que mora na cidade também costumam frequentar a região para celebrar o pôr do sol.

4.Cervejaria Ramiro

De volta ao centro também é possível encontrar cervejarias que servem diversas iguarias dos mares portugueses. Uma alternativa à já conhecida Cervejaria Trindade, localizada no Chiado, é  cervejaria Ramiro, que fica no Bairro Alto. No local, eles servem um dos pratos que mais gostei na viagem: Gamba à la Guilho, ou seja, camarões fritos no alho. Mas se você não for fã de frutos do mar, peça o Prego no Pão, um sanduíche feito com pão e bife frito no alho que é divino. Para acompanhar, o cardápio apresenta uma seleção de vinhos portugueses.

5.Chocolataria Equador

Localizada no centro de Lisboa, a chocolataria Equador produz diversos sabores de chocolates, dos mais tradicionais aos mais inusitados, como os recheados com figo ou vinho do porto. Um dos destaques, além do cheiro intenso que invade e loja, são as embalagens geométricas e coloridas, desenhadas com bom gosto e muita criatividade. Tudo isso torna este chocolate especial, e é uma ótima opção de presente para levar para os amigos ou para você mesmo.

6.Gelados Santini

Ainda sobre doces, uma verdadeira instituição em Lisboa são os gelados Santini, uma rede fundada em Cascais e com diversas filiais em Lisboa. Os gelados, como são chamados os sorvetes em Portugal, são uma forma deliciosa de lidar com as temperaturas altas do verão lisboeta, e também podem ser apreciados nos invernos brandos da cidade. Prepare-se para as filas constantes na porta, principalmente nos dias mais quentes. Mas tenha certeza que vale a pena esperar.

7. Mercado Time Out

O mercado Time Out, também conhecido como Mercado da Ribeira, é localizado no Cais do Sodré e ideal para quem quer conhecer as releituras que os chefes residentes fazem da culinária portuguesa. Os diversos restaurantes e bares localizados dentro deste galpão são comandados por chefes locais que oferecem os pratos por preços acessíveis. Lá também é possível provar os conhecidos pastéis de nata, principalmente se você ainda não teve a oportunidade de comer os pastéis de Belém – ou não quis enfrentar a fila absurda que fica na porta da confeitaria que criou a iguaria.

8.A Vida Portuguesa

Esta loja apresenta uma seleção de produtos portugueses de qualidade, e mais do que isso, diversos itens tradicionais da cidade, como os sabonetes, tecidos e outros. Também é possível encontrar “roupas de casa”, como são chamados os lençóis e panos de prato em português de Portugal, até as tradicionais latas de sardinha e os cadernos incríveis da Papelaria Emílio Braga, que produz cadernos artesanais desde 1918. A loja fica na região do Chiado, mas também é possível encontrar uma versão menor dentro do Mercado Time Out.

9.José Maria da Fonseca

Adega José Maria Fonseca

Esta adega histórica oferece tours guiados pela sua vinícola, que está localizada na região de Setúbal. Na carta, mais de 40 marcas de vinhos, que são produzidos em cinco regiões do país. Na visita, além de saber mais sobre a história de produção da bebida, também é possível aprender sobre a fabricação de alguns rótulos em particular, como o Moscatel de Setúbal, um vinho de sobremesa que possui região controlada.  É esta mesma adega que produz o Periquita, que possui grande demanda de exportação para o Brasil.

10. Praia do Ouro

Praia do Ouro Portugal

Existem diversas opções de praias nos arredores de Lisboa, mas se a ideia é passar um dia um pouco mais afastado da capital portuguesa, a Praia do Ouro, em Sesimbra, pode ser uma alternativa. Ela fica no distrito de Setúbal a aproximadamente 1 hora de viagem do centro de carro. A orla possui diversos restaurantes que servem alguns dos mariscos típicos da região, entre eles os “percebes”, as “almejoas” e os “caracoles”, além de peixe fresco. Uma dica é o restaurante Ribamar, que serve o peixe do dia a peso.

Fotos de Flávia Coe
AMPLIE SEUS HORIZONTES, VIAJE!
E APRENDA IDIOMAS COM A BABBEL
Qual idioma você gostaria de aprender?