Retrato do usuário: Aldo de Trieste

Nós estamos lançando uma série de retratos de usuários da Babbel de diferentes lugares do mundo. Se você quiser dividir a sua história conosco, por favor, deixe um comentário abaixo. Este mês falamos com Aldo, um aposentado de 70 anos originário da Itália que tem energia para dar e vender, além de muita motivação para […]
Author's Avatar
ESCRITO POR Babbel
Retrato do usuário: Aldo de Trieste

Nós estamos lançando uma série de retratos de usuários da Babbel de diferentes lugares do mundo. Se você quiser dividir a sua história conosco, por favor, deixe um comentário abaixo. Este mês falamos com Aldo, um aposentado de 70 anos originário da Itália que tem energia para dar e vender, além de muita motivação para diversas atividades. Canoagem pela manhã, partidas de xadrez à tarde e agora um novo objetivo: aprender inglês.

Eu nasci de Gorizia, mas eu vivo em Trieste, para onde eu e minha mulher nos mudamos por causa do meu emprego. Depois de 35 anos trabalhando, estou agora aposentado mas, de maneira alguma, entendiado.

Meu dia começa às 6:00h, quando eu faço canoagem para me manter em forma. Aproximadamente um ano atrás eu comecei a jogar xadrez. Eu ainda não sou muito bom, mas eu gosto de participar das partidas que acontecem à tarde.

Tenho dois filhos, Federica, que vive e trabalha em Trieste e Luca que vive e trabalha em Londres. Foi por causa do meu filho que decidi aprender inglês – eu queria poder me comunicar com as pessoas quando o visitasse na Inglaterra.

Para falar a verdade, eu fiz isso por mim mesmo. Sei que, de certa forma, é mais difícil aprender coisas na minha idade – o cérebro já não é tão elástico.  E foi exatamente por isso que fiquei muito feliz quando percebi que estava, realmente, aprendendo novas palavras e começando a formar frases. Eu percebi que estava progredindo, aprendendo e isso me deu uma satisfação incrível.

Mas não me entenda mal, eu não tenho a pretensão de me tornar bilíngue! Ficarei feliz se conseguir falar algo, se conseguir descrever um dia típico na minha vida [e ele muda para o inglês]: My name is Aldo, I was born in 1944 in Gorizia, near Trieste. I wake up at six and I go canoeing (Meu nome é Aldo, eu nasci em 1944 em Gorizia, perto de Trieste. Eu acordo às seis e vou praticar canoagem).

É claro que não é a mesma coisa todos os dias. Eu tenho meus altos e baixos, mas quando deixo de praticar inglês por um dia, me sinto mal comigo mesmo. Nãoque eu tenha a sensação de estar cumprindo uma obrigação, pois… eu somente faço isso quando e se estou me sentindo bem. Felizmente não tenho que bater cartão! (risos)

Um tempo atrás, eu percebi uma coisa: se faço os meus exercícios de inglês pela manhã, além de algumas lições da Babbel e vou para os meus jogos de xadrez no período da tarde, tenho a impressão de jogar melhor. Tenho a sensação de que minha mente fica mais alerta, como se tivesse sido ligada, e me sinto mais preparado para lidar com as partidas e as jogadas.

Além disso, eu acho que os cursos da Babbel são realmente muito bem feitos. Há uma grande variedade de tópicos e exercícios – vocabulário, exercícios de gramática, diálogos para viagem, além de palavras e frases. Você pode encontrar praticamente qualquer coisa. A única coisa que me faz falta é ter alguém para falar, um parceiro de idiomas no meu nível de de conhecimento com quem eu possa praticar.

Apesar disso, posso dizer que estou muito feliz e que me mantenho ocupado durante o dia todo. E isso deixa uma outra pessoa mais feliz ainda: minha esposa! Depois de quarenta anos de casados, você não sabe como ela fica feliz em não me ter em casa o dia inteiro!

Você gostou da história do Aldo? Você quer nos contar a sua? Deixe um comentário abaixo e nos conte porque você decidiu aprender um novo idioma!

Artigos recomendados

Como criar um novo hábito de aprendizado

Como criar um novo hábito de aprendizado

Saber como criar um novo hábito de aprendizado é crucial para os seus objetivos de longo prazo. Veja como podemos ajudar a criar hábitos que mantêm a motivação no aprendizado regular de um idioma.
ESCRITO POR Babbel
O melhor método de estudo: o seu método

O melhor método de estudo: o seu método

Na hora de aprender um idioma, as opções são as mais diversas. Mas como escolher alguma que, além de eficaz, seja adequada às suas necessidades? A seguir, as especialistas da Babbel, Sara e Fidi, contam o que você pode fazer para aprender um idioma aproveitando seu tempo livre.
ESCRITO POR Babbel
Fantasmas ao redor do mundo: Como diferentes culturas celebram seus mortos

Fantasmas ao redor do mundo: Como diferentes culturas celebram seus mortos

No texto a seguir, além de revisitar algumas tradições do Halloween de sua infância no condado rural de Somerset, na Inglaterra, Megan apresenta curiosidades que aprendeu com seus colegas de trabalho da Babbel.
ESCRITO POR Megan Toon
Author Headshot
Babbel
Somos uma equipe de 750 pessoas originárias de 50 países, mas com uma paixão em comum: idiomas. Dos nossos escritórios em Berlim e Nova York, ajudamos outras pessoas a descobrir as maravilhas proporcionadas pelo ensino online de idiomas. Atualmente, oferecemos 14 idiomas de aprendizado — de espanhol a indonésio —, acessados por milhões de usuários.
Somos uma equipe de 750 pessoas originárias de 50 países, mas com uma paixão em comum: idiomas. Dos nossos escritórios em Berlim e Nova York, ajudamos outras pessoas a descobrir as maravilhas proporcionadas pelo ensino online de idiomas. Atualmente, oferecemos 14 idiomas de aprendizado — de espanhol a indonésio —, acessados por milhões de usuários.
Qual idioma você gostaria de aprender?