Fale um idioma como sempre sonhou

Aprenda idiomas como nunca. Baixe o aplicativo gratuitamente!

Escolha um idioma – a primeira lição de cada curso é grátis!

7 razões para aprender idiomas (e mudar sua vida)

Procurando uma boa razão para aprender um idioma estrangeiro? Que tal sete razões? Conselhos do nosso especialista sobre por que é uma boa ideia aprender uma outra língua.

Escrito por Matthew Youlden

Em 28 de março de 2014, um colega publicou um vídeo meu onde eu contava, meio nervoso, como consegui aprender cada um dos nove idiomas que eu falo fluentemente. Eu acho que nenhum de nós esperava o resultado que isso alcançou. O vídeo já foi visto mais de 10.000.000 de vezes em seus diversos formatos. Isso realmente me deu uma perspectiva diferente sobre as coisas.

Como você pode imaginar, aprender idiomas teve um impacto enorme na minha vida. Desde aquele vídeo, tenho aparecido na televisão e nas rádios de alguns países, aceitei o desafio de aprender turco em uma semana junto ao meu irmão gêmeo e estou trabalhando com universidades e outras instituições de ensino para investigar como as plataformas digitais podem ajudar a melhorar o processo de aprendizado.

Enquanto muitas pessoas me perguntam sobre os meus passos e sucessos nesta jornada, outros se surpreendem com o início de tudo, ou seja, por que eu decidi aprender todas essas línguas. Embora minhas razões tenham se modificado com o tempo, com diferentes fontes de inspiração para cada língua, minhas motivações para aprender nunca mudaram. Aqui estão minhas sete principais razões para aprender idiomas.

1) Aprender um idioma é algo divertido – e extremamente compensador

Com certeza não seria surpresa para você se eu dissesse que sou uma espécie de “nerd” no que se refere a línguas. Eu amo esse lado acadêmico, linguístico. Para mim, usar uma nova estrutura gramatical da forma correta é o mesmo que ganhar do meu irmão no Banco Imobiliário. Não se preocupe, já percebi que isso não é muito normal e posso também sentir empatia por pessoas para as quais o aprendizado de idiomas evoca imagens de uma sala de aula monótona, cheia de listas chatas de gramática e vocabulários por todos os cantos. Eu também fui à escola nos anos noventa.

Diversão foi a primeira razão pela qual aprendi um idioma. Eu comecei a aprender espanhol com oito anos. E por que será que um garoto de oito anos decide fazer alguma coisa? Só se faz algo nessa idade por diversão ou obrigação, e uma coisa costuma anular a outra. Decidi aprender espanhol em uma praia, na Espanha, junto a meu irmão. A presença de um companheiro de aprendizado e a reação positiva imediata das pessoas ao verem minhas tentativas de falar a língua delas foram tudo o que precisei para me convencer de que aquilo era divertido. E o resto é história!

2) Para aproveitar mais as próximas férias

Perceber que se pode aproveitar muito mais as férias tem sido, desde então, um fator motivador para mim. Sim, é menos provável que você perca a balsa ou que acabe pagando os olhos da cara por uma lembrancinha, mas sem dúvida alguma, a maior diferença é a de se sentir confortável em novos lugares. Tudo parecerá mais familiar e você será capaz de transitar do seu jeito com a ajuda do melhor guia que existe – a interação humana. Além disso, coincidências felizes levam os estudantes de idiomas a experiências maravilhosas quando eles estão no exterior. Você será atendido com carinho e atenção nos lugares, causando diferentes níveis de surpresa, dependendo do domínio da língua: Você é inglês e está aprendendo turco em uma semana? Uau! Tome um chá por conta da casa! Levar algumas palavras da língua nativa na sua mala antes de sair para uma viagem sempre vale a pena.

3) Para descobrir um novo lado seu

As pessoas multilíngues sempre dizem que se sentem diferentes em outros idiomas – até mesmo ao ponto de experimentarem personalidades variadas. Isso pode até mesmo acontecer quando você começa a aprender um língua quando adulto. Vamos pegar o exemplo do humor, que certamente pode ser considerado um pilar da personalidade (especialmente para os britânicos!). Humor é uma das coisas mais difíceis de entender quando você não é fluente em um idioma. As pessoas compensam isso sendo um pouco mais modestas, palhaças ou tornando-se um pouco mais introvertidas e, às vezes, dizem que se sentem menos inibidas do que na língua materna. A aquisição de um idioma constitue uma jornada genuína de auto-conhecimento. Você poderá se surpreender com explosões emocionais mediterrâneas ou, até mesmo, com a sinceridade alemã. E se você realmente quiser se considerar fluente em italiano, você terá que falar acompanhado de incontáveis gestos.

4) Para entender melhor o mundo a sua volta

Os idiomas que falamos moldam a forma como vemos o mundo. Um novo idioma não somente dá novas perspectivas, mas também o torna capaz de refletir sobre a sua própria língua e a entender como ela funciona. Esta é uma das coisas que torna o aprendizado de novos idiomas significativamente mais fácil.

Deixem-me dar um exemplo: eu fui a um médico aqui na Alemanha faz algumas semanas e seu diagnóstico foi uma Rippenfellentzündung. Ao mesmo tempo que eu não tinha realmente certeza do que esse diagnóstico significava, eu sabia mais ou menos o que poderia ser, pois o alemão funciona como peças de Lego®. Rippen são costelas, Fell refere-se geralmente à pele de um animal e uma Entzündung é uma inflamação. Isso significa que uma Rippenfellentzündung é provavelmente uma espécie de inflamação na superfície dos pulmões em contato com a caixa toráxica. Você sabe como isso se chama em inglês? Pleurisy ou pleuritis (“pleurisia” ou “pleurite” em português). E não, eu não sabia disso também. Se um médico inglês tivesse me dado esse diagnóstico, minha primeira suposição seria de que isso é fatal. E agora eu sei como dizer la pleuresía em nove idiomas. ­­

5) Para conseguir o emprego dos seus sonhos… ou o mesmo emprego em qualquer outro lugar

Falar mais de uma língua pode melhorar suas perspectivas de trabalho, mesmo que você não trabalhe nas áreas de ensino e formação, tradução e interpretação, ou revisão e edição. Para cada especialista em idiomas altamente qualificado, há centenas de não especialistas usando um segundo idioma diariamente no trabalho. Enquanto a habilidade de se expressar é certamente desejável e conveniente, também há espaço para melhorar os próprios conhecimentos de um idioma quando a exatidão gramatical e léxical não são uma necessidade. Isso significa que você pode fazer sua jornada habitual, mas em um ambiente infinitamente mais estimulante que um emprego no exterior pode oferecer. Por outro lado, o aprendizado de uma língua estrangeira torna você um candidato mais preparado e atrativo para ser empregado em qualquer lugar do mundo onde você queira criar raízes.

6) Para manter-se em forma e levar uma vida de aprendizado contínuo

Mesmo que você já tenha o emprego dos seus sonhos em um país estrangeiro, cercado de palmeiras e felicidade, isso não significa necessariamente que você queira parar de aprender. Mesmo as pessoas que alcançaram os seus objetivos, com empregos estáveis, ainda sentem a necessidade de continuar desafiando suas mentes. O aprendizado de idiomas é um caminho usual para fazer isso. Mas por quê?

Ao lado da utilidade evidente, é também relativamente fácil encaixar o aprendizado de um idioma dentro da agenda apertada do dia-a-dia e, se você fizer isso da maneira certa, ainda poderá ter todas as pequenas motivações tão importantes para continuar aprendendo e manter-se em busca de novas metas: a primeira vez que você conjuga um verbo corretamente em espanhol sem pensar; o momento em que você adivinha uma palavra em alemão, descontruindo-a como em um jogo; ou quando você inconscientemente faz o gesto correto ao falar uma expressão em italiano…

7) Para ser legal

O comediante britânico Eddie Izzard deu uma das minhas justificativas favoritas para aprender um idioma durante seu espetáculo Dress To Kill – para ser descolado! Desde essa atuação, Eddie aprendeu alemão do zero e fez a mesma performance em alemão todas as noites por seis semanas, em Berlim. Com sua marca incrível para fazer comédias, possivelmente muitas das suas frases nunca tinham sido ditas antes em alemão. Weasels covered in gravy (Doninhas cobertas de molho) é o primeiro exemplo. Ele planeja agora fazer shows em espanhol, russo e árabe. Isso sim é ser legal.

Quando perguntado sobre por que estava aprendendo idiomas, ele respondeu: pela “diversão, a aventura disso.” Concordo com ele, mas eu não estou preparado para subir ao palco e contar piadas para o público… não ainda! No momento, vou continuar a curtir os amigos, os filmes e a literatura que tenho descoberto através dos idiomas, já esperando pelo que o próximo vai me trazer.

Qual é a sua razão para aprender um idioma?

Comece a aprender agora