Babbel Logo

A magia dos adjetivos em inglês – para sonhar com a fluência

Usar bem os adjetivos em inglês é a prova de que você alcançou um nível bom de fluência. Que tal testar seus conhecimentos, ou melhor, aumentar seu vocabulário com os adjetivos deste artigo?
Author's Avatar
A magia dos adjetivos em inglês – para sonhar com a fluência
Ilustrado por Ana Lopes

During today’s session, we will be covering the alluring power of the adjectives and how magnificent they are in order to reach the long-awaited fluency.

Vejam vocês como os adjetivos enriquecem a maneira como descrevemos as coisas. Podemos dizer então que os adjetivos trabalham a nosso favor. Eles mostram a nossa personalidade ao interagir com o mundo ao nosso redor.

Seja em inglês sky, em italiano cielo, ou em francês ciel, falamos aqui apenas de um mero céu. Entretanto, cabe a nós olhar para cima e enchê-lo de estrelas em um starry sky, ou transformá-lo em um cenário gótico de uma gloomy night. Tudo depende do nosso coração. E não pensem vocês que estamos inventando a roda.

O conceito de cultura e linguagem são intrínsecos, e cada povo carrega consigo seu próprio sistema de signos, elementos que só fazem sentido dentro de um contexto social. Um bom exemplo são os aborígenes australianos e suas diversas línguas. As catalogadas são mais de cem, que trazem uma estrondosa diversidade de vocabulário, já que para descrever esse mesmo céu que nos cobre a cachola, eles têm dezenas de adjetivos e substantivos que sequer podem ser literalmente traduzidos. Isso porque, para eles, o que importa é: olhar para cima e saber que tipo de noite ou de dia vai transcorrer. Tão longe do deserto australiano, fico apenas imaginando tamanha riqueza de sentidos. Ah, os adjetivos!

Então como usar adjetivos em inglês?

Agora que entendemos a função dos adjetivos, como usá-los corretamente? Na língua da rainha Elizabeth II, os adjetivos vêm antes dos substantivos.

Entenda:

He spoke to me the most beautiful words of love in a whispering voice. (Ele me disse as mais lindas palavras de amor em uma voz sussurrante)

Como não se apaixonar? Neste exemplo, beautiful qualifica o substantivo words e vejam vocês, adjetivos em inglês não têm plural. Now you know! Também podemos “adjetificar” verbos como, por exemplo, acontece com o segundo adjetivo da frase: pegamos to whisper, sussurrar, retiramos o radical to e adicionamos o sufixo -ing. Mas calma lá, que aqui temos que levar em consideração se estamos falando de pessoas ou coisas.

Em linhas gerais: para coisas adicionamos ao verbo o sufixo -ing ao passo que, para pessoas, adicionamos -ed no radical do verbo.

Comparem:
She was amazed by such amazing words of love he said. (Ela ficou maravilhada com as palavras de amor tão maravilhosas que ele disse).

E como expandir nosso vocabulário?

Oportunidades não faltam para usar os adjetivos em inglês de maneira apropriada, e porque não, sofisticada. O desafio aqui é sair dos adjetivos mais comuns, nice, cool, beautiful, para aqueles um pouquinho mais específicos. Podemos então criar um banco de palavras, chamado em inglês de word bank, com adjetivos classificados por categoria. Veja na tabela abaixo:

Shape Size Sound Speed Taste Time Touch Appearance Condition

broad

crooked

curved

deep

even

flat

straight

big

fat

huge

large

narrow

tiny

short

deafening

faint

loud

noisy

silent

voiceless

whispering

fast

quick

rapid

slow

swift

bitter

delicious

greasy

juicy

rotten

salty

tasteless

ancient

brief

early

modern

new

old

old-fashioned

bumpy

cold

cuddly

curly

damp

dirty

dry

adorable

beautiful

bright

colourful

curious

cute

elegant

alive

brainy

careful

easy

difficult

helpless

inquisitive

Explorem um pouco os adjetivos desta tabela! Entrem de cabeça naqueles que soam diferentes, desconhecidos ou até mesmo estranhos. Do you have an inquisitive mind? Isto é, você gosta de descobrir tanto quanto possível sobre algo? Maybe you’ve got an inquisitive child, aquela que de tanto perguntar, chega a perturbar. Aqui vai outro exemplo para descrever personalidade:

Sarah was beautiful and brainy. [Sarah era bonita e inteligente].
Brainy é um sinônimo de clever, brilliant

Algumas características comuns entre os adjetivos:

O sufixo -less representa a ausência de algo. Voiceless, tasteless e helpless são exemplos que encontramos em nossa tabela:

This is truly a voiceless poem. [Este é realmente um poema sem voz].

Thallium is an age-old poison… odourless, tasteless. [Tálio é um veneno muito antigo… inodoro, insípido].

Dracula is helpless until after nightfall. [Drácula está indefeso até o cair da noite].

You’ve closed yourself off, and I feel helpless[Você se fechou, e eu me sinto impotente].

Já o sufixo -full é seu antônimo, e significa a presença de algo. Colourful, careful e beautiful também estão em nossa lista.

The city of Berlin is incredibly colourful in the autumn. [A cidade de Berlim fica impressionantemente colorida no outono].

Be careful with other people’s hearts. [Seja cuidadoso com o coração das outras pessoas].

Lembre-se, amor se soma, não se subtrai. Tanto falo de amor que devo estar apaixonado!

Adjetivos positivos para descrever pessoas:

Por último, porém, talvez o mais importante de tudo que falamos, trago um pouco de adjetivos positivos usados para descrever pessoas! Nada como um belo elogio. Agora me digam, quantos de vocês já conhecem e usam com frequência? Neste link, Mr Costello apresenta um vocabulary jam com 30 destes adjetivos, suas definições e exemplos de uso. Aqui selecionei alguns que acredito serem importantíssimos para qualquer entusiasta das línguas! Clique, explore, seja curioso. Falar um novo idioma é uma aventura que requer um pouco de tempo, paciência e dedicação.

  • Adaptable: capable of fitting a particular situation or use.
    People who are adaptable can overcome change easily.
  • Adventurous: willing to undertake new and daring enterprises. People who are adventurous seek out the fun in life.
  • Affectionate: having or displaying warmth or affection.
    If you like to snuggle up next to someone, then you are affectionate.
  • Ambitious: having a strong desire for success or achievement. Ambitious people try to get ahead in life.
  • Considerate: showing concern for the rights and feelings of others.
    A considerate person looks out for other people.
  • Diligent: characterised by care and perseverance in carrying out tasks.
    Diligent people work hard until a job is done.
  • Intuitive: obtained through instinctive knowledge.
    An intuitive person operates by instinct. They sort of have a special feel for a situation.
  • Inventive: marked by independence and creativity in thought or action.
    Inventive people are able to find creative, ingenious solutions to problems.
  • Passionate: having or expressing strong emotions.
    Passionate people have a real love for something in their life.

Thanks for being patient and diligent to your studies. You are one step ahead. See you in our next workout session!

SHARPEN YOUR ENGLISH!
BAIXE O APLICATIVO DA BABBEL

Artigos recomendados

Phrasal verbs mais usados na ponta da língua

Phrasal verbs mais usados na ponta da língua

Quais são os phrasal verbs mais usados? O que é, exatamente, um phrasal verb? Neste texto, descubra como dar aquele passo e ir além na hora de falar inglês fluente.
ESCRITO POR Daniel Zerbetto
Os 20 verbos mais usados em inglês

Os 20 verbos mais usados em inglês

Inglês é um idioma fácil de aprender? Bom, pode não ser tão fácil assim, mas nós ajudamos com uma lista dos 20 verbos mais usados na ordem de frequência de uso. Ficou fácil agora, don’t you think?
ESCRITO POR Samuel Dowd
You hung me out to dry! Como (não) deixar alguém na mão em inglês

You hung me out to dry! Como (não) deixar alguém na mão em inglês

Saber usar expressões em inglês é fundamental. Saiba o que significa a expressão Hung Out to Dry e não passe mais vergonha na frente da galera.
ESCRITO POR Camila Rinaldi
Author Headshot
Daniel Zerbetto
Daniel Zerbetto é formado no mundo mágico das Letras & Literaturas. Sua especialização em Artes & Filosofia lhe tirou os pés do chão e abriu as portas da razão e imaginação. Enquanto viagens interplanetárias não são possíveis, ele se contenta em viajar entre os cinco continentes, aprendendo línguas e conhecendo pessoas. Já trabalhou como comissário de vôo e há mais de dez anos se dedica à educação, ministrando aulas de idiomas, literatura, artes, história da música e cinema. Recentemente, deixou sua amada Berlin para aprender italiano na imponente cidade de Turim, mas prometeu voltar em breve.
Daniel Zerbetto é formado no mundo mágico das Letras & Literaturas. Sua especialização em Artes & Filosofia lhe tirou os pés do chão e abriu as portas da razão e imaginação. Enquanto viagens interplanetárias não são possíveis, ele se contenta em viajar entre os cinco continentes, aprendendo línguas e conhecendo pessoas. Já trabalhou como comissário de vôo e há mais de dez anos se dedica à educação, ministrando aulas de idiomas, literatura, artes, história da música e cinema. Recentemente, deixou sua amada Berlin para aprender italiano na imponente cidade de Turim, mas prometeu voltar em breve.
Qual idioma você gostaria de aprender?