Qual idioma você gostaria de aprender?Right Arrow

Como entender o que é Fake News, Cambridge Analytica e outras palavras da rede

Em tempos de fake news é melhor prevenir do que remediar. Aprenda algumas das terminologias inglesas que estão em todos os sites de notícias e proteja-se!
Como entender o que é Fake News, Cambridge Analytica e outras palavras da rede

Nas eleições de 2018, informar-se é mais do que essencial. Se você curte qualquer rede social, usa com frequência a internet e ainda arrisca a tuitar uma coisa ou outra, é bom se ligar para não espalhar fake news no grupo de Whatsapp da família. Aqui neste artigo, explicamos o significado de alguns termos tecnológicos que estão dando o que falar na rede.

1.  Fake News

Fake = falso
News = notícias

Traduzido literalmente significa notícias falsas. Esse termo se popularizou com Donald Trump, que o criou para se dirigir a qualquer mídia oposta à sua candidatura ou ao seu governo.

2. Data protection

Data = dados
Protection = proteção

Traduzido literalmente significa proteção de dados. Quando nos inscrevemos ou registramos em algum site, é bom sempre prestar atenção à Política de Proteção de Dados, ou seja, o que este site pode fazer com as informações que tem sobre você. Proteção de Dados ficou em pauta com o escândalo de Cambridge Analytica, em que o Facebook permitiu que aplicativos coletassem dados de seus usuários sem o consentimento dos mesmos.

3. Echo-chamber

Echo = eco
Chamber = câmara

Você já se perguntou por que, no Facebook, você visualiza notícias e postagens que têm tudo a ver com você? Pois é, isso é o que foi denominado de echo-chamber ou literalmente câmara em eco. Umas das maiores críticas à lógica dos algoritmos de Mark Zuckerberg é que o Facebook cria uma bolha virtual em que, de acordo com as continhas feitas por esses programinhas, você tende a receber no seu mural somente postagens que têm a ver com as suas curtidas. Ou seja, se a sua fonte de informação é apenas o Facebook, você corre o risco de viver em uma “bolha virtual”.

4. Post-truth

Literalmente pós-verdade. Com a crescente onda de fake news e manipulação das informações, esse neologismo foi criado para descrever esse embate, em que fica difícil saber o que realmente são dados de realidade ou fatos de pós-verdade. Na época de pós-verdade, a veracidade dos fatos fica em segundo plano, o que torna a manipulação das pessoas com notícias falsas bem fácil.

5. Fact –checking

Fact = fato
Checking = checagem

Significa checagem de fatos. É o que todos deveriam fazer ao se informar.

6. Hoax

Hoax é um golpe, ou algum esquema falso.

7. Red flags

Red = vermelho
Flags = bandeiras

Bandeira vermelha é a expressão em inglês para sinalizar que algo está errado. Seria o nosso “sinal vermelho”, em português.

8. Click bait

Click = clique
Bait = isca

Click bait é quando uma matéria ou artigo on-line tem um título apelativo na procura por cliques, mas o conteúdo nem sempre é de qualidade ou necessariamente corresponde ao anunciado.

9. Bot

Bot é o nome curto de robot, ou seja, um robô virtual. Bots são geralmente criados para automatizar processos e fazer com que sites e aplicativos funcionem mais rápido. Bots também podem ser criados para hackear contas e criarem perfis falsos.

10. Hacking

Conseguir acesso não autorizado aos dados dentro de um sistema. Apesar da conotação negativa e também da conexão com a palavra hacker (os famosos “piratas da rede”), também foi criado a partir desse termo o Growth Hacking, que é uma metodologia usada por empresas de tecnologia para impulsionar seu crescimento. Curioso, não?

Você gostaria de falar mais inglês?
Author Headshot
Sarah Luisa Santos
Sarah Luisa Santos nasceu e cresceu em São Paulo, passou um tempinho em Londres, mas foi parar mesmo é em Berlim. Apesar de ser formada em Artes Visuais, ela decidiu seguir sua paixão por textos e palavras e atualmente divide com a Babbel suas descobertas linguísticas, como editora da Revista da Babbel em português. Siga-me no Twitter.
Sarah Luisa Santos nasceu e cresceu em São Paulo, passou um tempinho em Londres, mas foi parar mesmo é em Berlim. Apesar de ser formada em Artes Visuais, ela decidiu seguir sua paixão por textos e palavras e atualmente divide com a Babbel suas descobertas linguísticas, como editora da Revista da Babbel em português. Siga-me no Twitter.

Artigos recomendados

Os 20 verbos em francês mais comuns

Os 20 verbos em francês mais comuns

Está aprendendo a língua francesa? Listamos aqui os 20 verbos em francês mais usados, com sua conjugação e uso em uma frase. Voilà!
Fantasmas ao redor do mundo: Como diferentes culturas celebram seus mortos

Fantasmas ao redor do mundo: Como diferentes culturas celebram seus mortos

No texto a seguir, além de revisitar algumas tradições do Halloween de sua infância no condado rural de Somerset, na Inglaterra, Megan apresenta curiosidades que aprendeu com seus colegas de trabalho da Babbel.
Escrito Por Megan Toon
7 fobias estranhas que você nunca ouviu nem falar – Edição Halloween

7 fobias estranhas que você nunca ouviu nem falar – Edição Halloween

Elas são reais e elas podem ser um problema real para muitas pessoas que sofrem disso. Leia mais.
Escrito Por Babbel