Como entender o que é Fake News, Cambridge Analytica e outras palavras da rede

Em tempos de fake news é melhor prevenir do que remediar. Aprenda algumas das terminologias inglesas que estão em todos os sites de notícias e proteja-se!
Author's Avatar
Como entender o que é Fake News, Cambridge Analytica e outras palavras da rede

Nas eleições de 2018, informar-se é mais do que essencial. Se você curte qualquer rede social, usa com frequência a internet e ainda arrisca a tuitar uma coisa ou outra, é bom se ligar para não espalhar fake news no grupo de Whatsapp da família. Aqui neste artigo, explicamos o significado de alguns termos tecnológicos que estão dando o que falar na rede.

1.  Fake News

Fake = falso
News = notícias

Traduzido literalmente significa notícias falsas. Esse termo se popularizou com Donald Trump, que o criou para se dirigir a qualquer mídia oposta à sua candidatura ou ao seu governo.

2. Data protection

Data = dados
Protection = proteção

Traduzido literalmente significa proteção de dados. Quando nos inscrevemos ou registramos em algum site, é bom sempre prestar atenção à Política de Proteção de Dados, ou seja, o que este site pode fazer com as informações que tem sobre você. Proteção de Dados ficou em pauta com o escândalo de Cambridge Analytica, em que o Facebook permitiu que aplicativos coletassem dados de seus usuários sem o consentimento dos mesmos.

3. Echo-chamber

Echo = eco
Chamber = câmara

Você já se perguntou por que, no Facebook, você visualiza notícias e postagens que têm tudo a ver com você? Pois é, isso é o que foi denominado de echo-chamber ou literalmente câmara em eco. Umas das maiores críticas à lógica dos algoritmos de Mark Zuckerberg é que o Facebook cria uma bolha virtual em que, de acordo com as continhas feitas por esses programinhas, você tende a receber no seu mural somente postagens que têm a ver com as suas curtidas. Ou seja, se a sua fonte de informação é apenas o Facebook, você corre o risco de viver em uma “bolha virtual”.

4. Post-truth

Literalmente pós-verdade. Com a crescente onda de fake news e manipulação das informações, esse neologismo foi criado para descrever esse embate, em que fica difícil saber o que realmente são dados de realidade ou fatos de pós-verdade. Na época de pós-verdade, a veracidade dos fatos fica em segundo plano, o que torna a manipulação das pessoas com notícias falsas bem fácil.

5. Fact –checking

Fact = fato
Checking = checagem

Significa checagem de fatos. É o que todos deveriam fazer ao se informar.

6. Hoax

Hoax é um golpe, ou algum esquema falso.

7. Red flags

Red = vermelho
Flags = bandeiras

Bandeira vermelha é a expressão em inglês para sinalizar que algo está errado. Seria o nosso “sinal vermelho”, em português.

8. Click bait

Click = clique
Bait = isca

Click bait é quando uma matéria ou artigo on-line tem um título apelativo na procura por cliques, mas o conteúdo nem sempre é de qualidade ou necessariamente corresponde ao anunciado.

9. Bot

Bot é o nome curto de robot, ou seja, um robô virtual. Bots são geralmente criados para automatizar processos e fazer com que sites e aplicativos funcionem mais rápido. Bots também podem ser criados para hackear contas e criarem perfis falsos.

10. Hacking

Conseguir acesso não autorizado aos dados dentro de um sistema. Apesar da conotação negativa e também da conexão com a palavra hacker (os famosos “piratas da rede”), também foi criado a partir desse termo o Growth Hacking, que é uma metodologia usada por empresas de tecnologia para impulsionar seu crescimento. Curioso, não?

Você gostaria de falar mais inglês?
BAIXE O APLICATIVO DA BABBEL
Qual idioma você gostaria de aprender?