Inglês ou espanhol? Veja como ir bem no Enem nos dois idiomas

Você precisa se preparar para o Enem? Veja aqui algumas dicas para se dar bem, tanto em inglês quanto em espanhol.
Author's Avatar
ESCRITO POR Fabiana Caso
Inglês ou espanhol? Veja como ir bem no Enem nos dois idiomas
Ilustrado por Ginnie Hsu

O Enem está chegando, e, faz muito bem quem já está estudando o idioma estrangeiro escolhido para a prova, seja o inglês ou o espanhol. As cinco questões de línguas representam 11% da pontuação da prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, que acontece na primeira data do exame, no dia 3 de novembro. Todos os pontos contam e podem fazer a diferença para sua entrada em uma universidade. Então, faça bonito (e veja aqui como ir bem no Enem)!

Mesmo para quem ainda não se preparou muito, corre que dá tempo de afiar o idioma. Conversamos com o gerente sênior de avaliação da Cambridge Assessment English do Brasil, Alberto Costa, e preparamos dicas para você tirar a prova de letra.

Qual idioma escolher: inglês ou espanhol?

Há quem escolha o espanhol por causa da semelhança com o português, mas os resultados dos últimos anos indicam um melhor desempenho dos que elegeram o inglês para a prova. De qualquer forma, o ideal é se preparar de forma adequada seja qual for o idioma escolhido.

Tanto em inglês como em espanhol, as cinco questões focam na interpretação de pequenos textos, com enunciados e respostas de múltipla escolha em português.

Traga o seu idioma para bem pertinho

Os assuntos costumam estar relacionados a atualidades, questões envolvendo diferentes países e notícias. Então o primeiro passo é se informar bem e manter a leitura em dia sobre os principais acontecimentos, em jornais, sites e em mídias sociais. De preferência, no idioma que você vai fazer a prova.

Uma boa prática para a prova do Enem é ler artigos nos sites de jornais e agências de notícias no idioma escolhido. E, no app da Babbel, além dos exercícios, você pode aprimorar a sua prática e compreensão de textos com o vocabulário dos cursos Palavras e Frases.

Aliás, ir se familiarizando com a língua e ter o máximo de contato com ela vai ajudar na hora de interpretar mais rápido os textos dos exercícios. Vale inclusive configurar todos os seus dispositivos, e até as suas redes sociais pessoais, para o inglês ou espanhol. Traga o idioma que você escolheu para dentro de sua rotina!

Como ir bem no Enem? Se jogue nas artes!

Cultura pop ajuda muito! Segundo um levantamento feito pela SAS Plataforma de Educação, um dos temas que mais caiu nas provas de idiomas do Enem de 2009 a 2018 foi leitura e interpretação de charges e tirinhas. No caso do exame em inglês, Alberto Costa dá a dica que o Calvin é um personagem recorrente no Enem. Procure na internet pelas tiras em inglês. Já em espanhol, personagens como a Mafalda costumam aparecer.

Poemas e letras de música também podem surgir nas questões. Aproveite para ouvir o máximo possível de canções, em inglês ou espanhol, e tentar entender a letra (ou até mesmo baixar na internet). Além de ser divertido, é um ótimo exercício de interpretação de texto e de preparação para o Enem.

Os livros clássicos também costumam ser usados nos exercícios da prova. No ano passado, por exemplo, houve um diálogo de 1984, de George Orwell. Então conhecer o enredo, ou ao menos o resumo de obras literárias consagradas, também ajuda.

Gramática e vocabulário

Mesmo que a gramática não seja o foco das perguntas, é preciso saber sobre a estrutura básica das frases para conseguir entender os textos e decifrar o seu sentido.

A Revista da Babbel tem artigos sobre os 20 verbos mais usados em inglês e em espanhol.

Tire de letra as pegadinhas

E claro, cuidado com as pegadinhas e  falsos cognatos  – não por acaso eles são chamados de “falsos amigos”, eles enganam. Tanto no inglês como no espanhol, é bom se prevenir com uma lista dos principais.

Como ir bem no Enem: tempo de estudo

O ideal é separar dois a três dias na semana para estudar o idioma escolhido para a prova, por cerca de trinta minutos. Isso é melhor do que estudar muitas horas em apenas um ou dois dias, segundo Alberto Costa, isso poderia levar à exaustão e estresse. Além disso, exponha-se à língua, como dito anteriormente, o máximo que puder.

Controle emocional também é muito importante para garantir o bom desempenho na prova. Para evitar o nervosismo, é recomendável fazer de tudo para descansar bem: tenha uma boa noite de sono, e se bater muita ansiedade, vale tomar um chá de camomila. E é claro que quem vai bem preparado chegar com mais autoconfiança. Para isso, além de estudar, faça o máximo de simulados da prova de idiomas, é possível encontrar as questões de anos anteriores em sites preparatórios para o Enem na internet.

Good luck e buena suerte!

PRATIQUE SEU INGLÊS OU ESPANHOL COM A BABBEL
EXPERIMENTE DE GRAÇA!

Artigos recomendados

Os 20 verbos mais usados em inglês

Os 20 verbos mais usados em inglês

Inglês é um idioma fácil de aprender? Bom, pode não ser tão fácil assim, mas nós ajudamos com uma lista dos 20 verbos mais usados na ordem de frequência de uso. Ficou fácil agora, don’t you think?
ESCRITO POR Samuel Dowd
Os 20 verbos em espanhol mais comuns

Os 20 verbos em espanhol mais comuns

Você está aprendendo espanhol e não sabe nem por onde começar? Veja a seguir nosso guia prático com os 20 verbos mais usados, sua conjugação e uso em uma frase. ¡Vamos!
Como criar um novo hábito de aprendizado

Como criar um novo hábito de aprendizado

Saber como criar um novo hábito de aprendizado é crucial para os seus objetivos de longo prazo. Veja como podemos ajudar a criar hábitos que mantêm a motivação no aprendizado regular de um idioma.
ESCRITO POR Babbel
Author Headshot
Fabiana Caso
Fabiana Caso é escritora, pesquisadora de música, jornalista, DJ, editora de playlists e fundadora da festa e festival Néonloop. Paulistana, adora descobrir outras cidades, estudar idiomas e diferentes culturas e cenas artísticas. Além do português, fala inglês, francês, italiano e está dando duro para aprender alemão. Morou em Berlim, passou um tempinho nos Estados Unidos e, de volta a São Paulo, está prestes a lançar um livro sobre cenas musicais brasileiras.
Fabiana Caso é escritora, pesquisadora de música, jornalista, DJ, editora de playlists e fundadora da festa e festival Néonloop. Paulistana, adora descobrir outras cidades, estudar idiomas e diferentes culturas e cenas artísticas. Além do português, fala inglês, francês, italiano e está dando duro para aprender alemão. Morou em Berlim, passou um tempinho nos Estados Unidos e, de volta a São Paulo, está prestes a lançar um livro sobre cenas musicais brasileiras.
Qual idioma você gostaria de aprender?