Como João Gilberto espalhou a Bossa Nova pelo mundo

João Gilberto e a Bossa Nova também conquistaram o mundo! Veja neste artigo como este artista fenomenal ganhou as paradas internacionais.
Escrito Por Fabiana Caso
13/04/2020
Como João Gilberto espalhou a Bossa Nova pelo mundo

João Gilberto nos deixou em 6 julho de 2019, aos 88 anos. Mas a nova bossa que ele criou em seu violão mudou a música brasileira para sempre. Com seu jeito de cantar baixinho, acompanhado apenas pelo violão, João inspirou os principais músicos e compositores do país desde o seu álbum de estreia, “Chega de Saudade”, de 1959. E todo o mundo acabou caindo na bossa, que virou uma febre internacional, em diferentes idiomas.

Tudo começou com “Garota de Ipanema”, composição de Tom Jobim e Vinicius de Moraes de 1962. Assim como em outras canções do gênero, a letra mistura a contemplação da beleza e da natureza, de uma forma quase singela, a sentimentos muito pessoais como uma melancolia quase doce. A visão da jovem Helô Pinheiro que sempre passeava naquele pedaço de Ipanema foi a inspiração dos versos de Vinicius.

A música foi apresentada pela “santíssima trindade” da bossa nova – Jobim, Vinicius e João Gilberto – em um show em um pequeno clube de Copacabana. O cantor Pery Ribeiro foi o primeiro a gravá-la em disco, no mesmo ano de 1962, sem maior repercussão. Em 1963, Tom Jobim lançou uma versão instrumental da canção.

1.

Foi apenas com a versão de 1964 de João Gilberto, Astrud Gilberto, Stan Getz e letra adaptada em inglês por Norman Gimbel que a garota de Ipanema seduziu o planeta, escalando resplandescente pelas paradas de sucesso internacionais. Macia e hipnótica, “Girl from Ipanema” foi lançada no álbum “Getz/ Gilberto”, parceria de João com o saxofonista de jazz americano Stan Getz, que se tornou o disco de bossa nova e jazz mais vendido de todos os tempos. E é um prato cheio para estudantes de inglês por ser recheado por versões bilíngues das familiares canções clássicas do gênero.

Na época de seu lançamento do álbum, “Girl from Ipanema” virou um hit instantâneo nos Estados Unidos. E a partir daí, foi se tornando um sucesso global avassalador, à prova do tempo. É a música brasileira mais tocada no planeta, tem cerca de 170 versões em diferentes idiomas e costuma ser apontada como a segunda canção mais executada durante todo o século 20, ficando atrás apenas de “Yesterday”, dos Beatles.

Acompanhe as letras em português e inglês da “Girl” original no vídeo a seguir, com vocais bilíngues por Gilberto e Astrud Gilberto, sua esposa na época. E repare nas particularidades de como a letra foi alterada. No trecho “Ah! Como estou tão sozinho”, por exemplo, a primeira pessoa foi retirada.

2.

Em 1967 saiu outro álbum de parceria internacional que também é boa fonte para estudar as versões em inglês dos clássicos da bossa nova: “Francis Albert Sinatra & Antonio Carlos Jobim”, lançado em 1967. O crooner americano interpreta as canções, e em algumas faixas há trechos cantados por Jobim em português. Trechos das músicas do disco, ao vivo por Sinatra e Jobim, a seguir:

3.

E, veja só, a garota de Ipanema acabou virando um “boy”, em algumas variações da letra em inglês! Ella Fitzgerald foi das cantoras que preferiu exaltar o garoto à garota, assim como Diana Krall. Confira a letra completa dessa adaptação aqui e cante junto com Ella nesta eletrizante performance ao vivo.

4.

Já Amy Winehouse foi de garota! Sua linda versão está no álbum póstumo “Lioness: Hidden Treasures”. E neste vídeo você tem a letra completa:

5.

A partir do inglês, foram geradas versões em quase todas as línguas do planeta. Na Alemanha, as que cantam o garoto ficaram mais conhecidas do que com a garota (Mädchen). “Der Boy von Ipanema” é interpretada no clipe abaixo pela atriz e cantora Vivi Bach.

Estudantes de alemão: reparem como a doce e suave melancolia da letra em português que exalta a beleza, e até uma ponta de esperança, foram trocadas pela certeza de que o garoto de Ipanema não sonha com essa menina que canta, com certeza (“genau”): “Täglich träumt im weißen Sande/ Der Boy von Ipanema am Strande / Doch ich, ich weiß genau: Er träumt nicht von mir”. Acompanhe aqui a letra completa do “garoto de ipanema” em alemão e uma tradução em português.

6.

Já em francês, vale muito ouvir a interpretação vaporosa da cantora Jacqueline François, acompanhando a letra que está no vídeo a seguir. Os versos seguem mais de perto os do sentido original em português, remetendo à poética da beleza da garota que encanta a praia com o seu passar, enquanto ela olha apenas para o mar.

7.

A garota carioca viajou tanto e incorporou tantos sotaques através das paradas de sucesso internacionais que acabou sendo até levada para outro destino além do Rio! Transporte-se com ela de volta aos anos 1980 com esta paródia do grupo B-52s. Desvende o seu paradeiro acompanhando o vídeo abaixo com a letra, aqui.

8.

O sucesso da “Garota” foi seguido pelo de outras versões poliglotas. O “Corcovado”, de Tom Jobim, se transformou em “Quiet Nights of Quiet Stars”, o que pode ser traduzido tanto como noites calmas de estrelas calmas como quietas. Não por acaso, a sua primeira versão em inglês também foi lançada no álbum “Getz/ Gilberto”, ponto de partida para o Corcovado decolar ao pódio dos clássicos da música popular mundial, com incontáveis versões.

Já a música “Insensatez”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, virou “How Insensitive” na letra adaptada pelo mesmo Norman Gimbel de “Girl from Ipanema”. Em inglês, a insensatez se transformou em “insensibilidade”, ou até “indiferença” (insensitive). O coração quebrado, porém, permanece como o tema principal nas letras. Veja as interpretações de Sting, em gravação com Tom Jobim, e de Iggy Pop, e siga com a letra em inglês aqui.

9.

O cantor e compositor franco-italiano Nino Ferrer é um caso à parte. A canção “La Rua Madureira” de 1969 é uma homenagem à bossa nova – alguns de seus elementos musicais lembram os de “Insensatez”. A letra cheia de imagens evoca as lembranças de locais do Rio de Janeiro como o Corcovado e a rua Madureira. E o sensual caso de amor vivido na cidade. Ele descreve o momento de adeus no táxi para o aeroporto, com um trágico desfecho, quando ele lê em um jornal brasileiro o nome dela entre os mortos em um acidente de avião. Alguns tomaram essa música como premonitória quando 40 anos depois de seu lançamento houve o acidente aéreo em 2009, exatamente na rota Rio de Janeiro a Paris.

Há versões em francês, no vídeo abaixo e com a letra completa aqui, e em italiano neste vídeo. E essa canção não é exceção, quase toda a obra de Ferrer tem versões nesses dois idiomas, cantadas pelo próprio. Se você estuda francês, italiano ou os dois, não deixe de conferir mais da música dele! 

10.

Finalmente: valeu por tudo, João! Descanse em paz, porque aqui você continua bem vivo, em tantas línguas.

IDIOMA TAMBÉM É CULTURA
APRENDA UM NOVO IDIOMA
Author Headshot
Fabiana Caso
Fabiana Caso é escritora, pesquisadora de música, jornalista, DJ, editora de playlists e fundadora da festa e festival Néonloop. Paulistana, adora descobrir outras cidades, estudar idiomas e diferentes culturas e cenas artísticas. Além do português, fala inglês, francês, italiano e está dando duro para aprender alemão. Morou em Berlim, passou um tempinho nos Estados Unidos e, de volta a São Paulo, está prestes a lançar um livro sobre cenas musicais brasileiras.
Fabiana Caso é escritora, pesquisadora de música, jornalista, DJ, editora de playlists e fundadora da festa e festival Néonloop. Paulistana, adora descobrir outras cidades, estudar idiomas e diferentes culturas e cenas artísticas. Além do português, fala inglês, francês, italiano e está dando duro para aprender alemão. Morou em Berlim, passou um tempinho nos Estados Unidos e, de volta a São Paulo, está prestes a lançar um livro sobre cenas musicais brasileiras.

Artigos recomendados

6 truques para tirar o máximo do aprendizado de línguas usando música

6 truques para tirar o máximo do aprendizado de línguas usando música

Aprender um novo idioma através da música pode ser uma delícia! Ana Freitas dá as dicas de como tirar o máximo de proveito do seu artista ou banda favorita.
Escrito Por Ana Freitas
Músicas para estudar inglês: como aprendi 10 expressões com Os Beatles

Músicas para estudar inglês: como aprendi 10 expressões com Os Beatles

Aprender inglês com… Os Beatles? Veja aqui como algumas das canções mais famosas do quarteto inglês podem ajudar você a deslanchar o seu inglês.
Músicas em francês: 5 bandas e cantores para aprender francês já!

Músicas em francês: 5 bandas e cantores para aprender francês já!

Para quem quer acelerar o aprendizado, aqui está uma seleção de músicas em francês que ajudaram nossa colaboradora Flávia a de fato aprender francês para o teste Delf. Voilà!