Fale um idioma como sempre sonhou

Aprenda idiomas como nunca. Baixe o aplicativo gratuitamente!

Escolha um idioma – a primeira lição de cada curso é grátis!

Como se tornar um legítimo brasileiro em 10 passos

O que é ser brasileiro? E por que a maioria dos estrangeiros que visitam o país se apaixonam por ele? Os 11 hábitos e comportamentos abaixo são um bom ponto de partida para quem quer entender um pouco mais sobre a vida no “país do futebol” (ou seria o “país do carnaval”)?

Escrito por Gabriel Mestieri

O Brasil nunca recebeu tanta atenção vinda do exterior como na última década. O crescimento econômico e o aumento da influência internacional exercida pelo país nos últimos anos, a realização da Copa de 2014 e os preparativos para a Olímpiada de 2016 no Rio fizeram com que o mundo quisesse saber mais sobre nós. Ideias profundamente equivocadas que se tinham sobre o país, como achar que nossa língua é o espanhol e que a nossa capital é Buenos Aires, hoje já são bem menos difundidas.

Mas o que é ser brasileiro? E por que a maioria dos estrangeiros que visitam o país se apaixonam por ele?

Os 11 hábitos e comportamentos abaixo são um bom ponto de partida para quem quer entender um pouco mais sobre a vida no “país do futebol” (ou seria o “país do carnaval”)?

1. Compartilhe a cerveja com seus amigos em um boteco

Quase todos os países do mundo estão cheios de bares. Mas a combinação de cerveja “estupidamente gelada”, vários rótulos de cachaça e ótimos (ou nem tanto) aperitivos em um local que abre às 6h para o café da manhã e só fecha quando o último bêbado vai embora cambaleando, você só encontra no Brasil. E para beber em um boteco como um verdadeiro brasileiro, nada de long necks individuais. O “certo” por aqui é pedir uma garrafa (ou quantas forem necessárias) e compartilhar, cada um com seu copinho. A não ser que o boteco tenha um bom chope (versão brasileira das draught beers, um pouco mais aguada), aí a individualidade está permitida.

2. Pule Carnaval

Não é à toa que o Carnaval brasileiro é uma das festas populares mais conhecidas do mundo. Pular Carnaval, além de ser muito divertido, é entrar em contato direto com a cultura brasileira. Vários estilos musicais e danças (e não apenas o samba) estão representados em uma festa que dura vários dias e acontece em praticamente todos os cantos do país (cada um com suas particularidades regionais). Independentemente de onde você estiver, prepare sua fantasia e aproveite a festa!

3. Coma arroz com feijão

É a base da culinária brasileira: arroz branco com feijão (marrom ou preto, dependendo do lugar do país) e “mais alguma coisa” (pode ser carne, frango, peixe, omelete, ovo frito, legumes refogados etc). Os brasileiros comem pratos assim muitas vezes por semana e o que muda é o acompanhamento, já que o arroz e o feijão estão sempre presentes. É tão bom que não enjoa.

4. Cumprimente com beijos no rosto

É muito comum que, entre homens e mulheres, e mulheres entre si, o cumprimento seja com beijos no rosto. Mesmo entre aqueles que acabaram de se conhecer. Mas isso não funciona do mesmo jeito no país inteiro (lembre-se que o Brasil é muito grande): em São Paulo, apenas um beijinho. No Rio, dois. Em alguns lugares do Nordeste, três. Já entre homens, o cumprimento mais comum é o aperto de mão. A não ser que se trate de bons amigos, aí não é raro um demorado e apertado abraço com tapinhas nas costas.

5. Acostume-se com o trânsito

O trânsito nas grandes cidades brasileiras é caótico. E o transporte público, bastante deficiente. O metrô, quando existe, está longe de cobrir toda a cidade. Portanto, a menos que você more em uma cidade pequena ou seja muito sortudo de ter estações de metrô perto de casa e do trabalho, prepare-se para ficar preso em congestionamentos.

6. Chegue atrasado

Seria muito fácil colocar a culpa no trânsito e no péssimo transporte público das grandes cidades. Mas a verdade é que, independentemente desses fatores, o brasileiro tem uma certa inclinação ao atraso. Sobretudo em compromissos envolvendo mais de duas pessoas, considere chegar com cerca de meia hora de atraso, a menos que a necessidade de pontualidade esteja explícita. Mas atenção: isso NÃO serve para compromissos profissionais. Chegar atrasado em uma entrevista de emprego achando que isso mostrará que você já está totalmente adaptado aos hábitos locais definitivamente não é uma boa ideia.

7. Vá à praia

De São Paulo para cima, é verão praticamente o ano inteiro no Brasil. Logo, também é sempre tempo de ir à praia. E são mais de 7.000 km de praias para todos os gostos. Se você procura surfe e agito, pode ir à cidade de Florianópolis, no sul. Se quer calor o ano inteiro, cenários paradisíacos e um pouco mais de sossego, então o Nordeste é o lugar ideal. Já se quiser conhecer uma das cidades mais lindas do mundo, mesmo que isso signifique ter que brigar um pouco mais por um lugar na areia, então o Rio é a escolha certa para você. Mas não se prenda a generalizações. Existem praias de todos os tipos e para todos os gostos no litoral inteiro. Aproveite-as e não se esqueça de tomar um picolé de frutas (ou um açaí na tigela) e comer uma porção de lula à doré.

8. Coma feijoada sambando em um sábado

Calma, ninguém quer que você sambe enquanto segura um garfo com um pedaço de linguiça. Mas uma bela tarde de sábado começa com feijoada acompanhada de caipirinha. Depois que a comida assentar um pouco, aí sim é hora de se jogar no samba. Para quem não sabe: a feijoada é um prato feito com feijão preto e diferentes tipos de carne de porco. Acompanhada de couve frita, arroz, farofa e laranja.

9. Torça por um time brasileiro de futebol

Amar a Seleção e os atletas brasileiros que jogam em times europeus é fácil. Já torcer para times nos quais os jogadores que se destacam são vendidos para equipes de países mais ricos é um pouco mais complicado. Mas o futebol é a paixão nacional e, apesar do nível técnico oscilante, o Campeonato Brasileiro e os campeonatos regionais continuam atraindo bastante atenção. Escolha seu time e não se esqueça de aprender a provocar o adversário!

10. Vista-se de branco e pule ondas no Ano-Novo

A noite de Ano-Novo no Brasil tem algumas tradições bem características. Para começar, muitas pessoas se vestem de branco. Não é obrigatório, mas é a cor mais associada à festa. Se houver uma praia por perto, você deve pular 7 ondas enquanto faz 7 pedidos - a expectativa é de que eles se realizem no ano que começa. Essas tradições têm origens em religiões afrobrasileiras, nas quais também é bastante comum ofertar flores a Iemanjá, orixá africana conhecida como “Rainha do Mar”. Há ainda alimentos específicos que devem ser comidos na virada do ano para garantir fartura e prosperidade pelos próximos 365 dias, como lentilha, uvas e romãs.

Dica extra: Aprenda português

Todas as experiências destacadas acima serão muito mais ricas com um pouco de conhecimento do português. Além disso, a língua é extremamente agradável aos ouvidos e está entre os 5 idiomas mais falados do mundo. Este aprendizado com certeza abrirá muitas portas e tornará sua estadia no Brasil bem mais interessante.

Comece a aprender de fato.

Experimente Babbel de graça!