Falar russo: um guia prático de como se dirigir às pessoas

Falar russo não é tão comum no Brasil, mas como a Rússia agora virou o assunto do momento, que tal saber algumas coisas sobre esse idioma fascinante? Quem explica é Lars, nosso especialista em russo da Babbel.
Author's Avatar
ESCRITO POR Lars Bulanov
Falar russo: um guia prático de como se dirigir às pessoas

É provável que cada um de nós, pelo menos uma vez na vida, tenha sofrido algum choque cultural. Na melhor das hipóteses, diferentes mentalidades e costumes estrangeiros podem surpreender ou, na pior, podem nos chocar. Saber o modo adequado (usando a linguagem formal ou informal) de falar “você” em outras línguas é, por exemplo, um dos maiores motivos de espanto e confusão para falantes nativos de português brasileiro. Muitas pessoas só percebem a seriedade dessa diferença na forma de tratamento formal/informal quando viajam para o exterior e, por acidente, usam o pronome errado para se dirigir a um estranho. O resultado desse faux pas (passo em falso) pode ser uma resposta não tão amigável ou uma cara de espanto da parte do seu interlocutor, especialmente ao falar russo.

Em russo, os pronomes de tratamento podem ser confusos até mesmo para as pessoas que já estão familiarizadas com as diferenças entre as variantes formal e informal de você. A boa notícia é que eu tenho algumas dicas para ajudar você a não cometer gafes ao falar russo.

Quando usar Вы [senhor(a)] e ты [você]?

Dica de quem sabe: você nunca vai cometer um erro se usar Вы, o modo mais cerimonioso ou formal de se dirigir a alguém que você não conhece. Viu um idoso em um ônibus lotado? Ofereça educadamente a ele o seu lugar e use o Вы (Vy — senhor(a)) para falar com ele. Uma moça bonita no metrô que você quer conhecer? Use Вы para duplicar suas chances de engatar uma conversa: Девушка, можно с Вами познакомиться? (Devushka, mozhno s vami poznakomitsya? — Jovem, podemos nos conhecer?). Um jovem professor da universidade a quem você quer pedir um livro emprestado? Вы, Вы e, mais uma vez, Вы.

E o ты (você) é usado na Rússia?

É claro! Ты é usado com os(as) amigos(as), pais, avós, irmãos e colegas de trabalho que ocupam cargos do mesmo nível. Há dois critérios principais para diferenciar entre Вы (Vy) e ты (ty): idade e função social. Uma pessoa que é muito mais velha que você deve ser tratada por Вы. A forma Вы também pode ser usada para conversar com seu(sua) supervisor(a), mesmo se ele(a) tiver a mesma idade que você. Aliás, você sabe a forma russa de educação nome + patronímico (ou nome derivado do pai)? Por exemplo, se o nome da sua chefe for Tatyana e o nome do pai dela for Aleksander, você deve chamar-la de Татьяна Александровна (Tatiana Aleksandrovna). O irmão dela, Roman, que por acaso é encarregado do departamento ao lado, seria Роман Александрович (Roman Aleksandrovich). Você pode ter observado que as formas feminina e masculina do patronímico são diferentes. Como regra, o -a do final refere-se a uma mulher.

Como é que funciona esse tal de patronímico?

A forma de cortesia com o patronímico é realmente usada apenas entre russos. Para se dirigir às pessoas estrangeiras e na esfera política, deve-se sempre usar o equivalente aos pronomes Sr. ou Sra. ou o título +  sobrenome. Por exemplo, a forma de tratamento da chanceler Angela Merkel em russo é канцлер Германии госпожа (kántsler Germániji gospozhá) Меркель, e do presidente Putin é президент Путин. No entanto, os subordinados de Putin se dirigem a ele como Владимир Владимирович (Vladimir Vladimirovich). Isso mesmo, o nome de seu pai também era Vladimir). Como você pode ver, a forma masculina do patronímico é estabelecida com o sufixo -ович ou -евич, e a forma feminina com o sufixo -овна ou -евна. Mas cuidado, estas formas de tratamento não devem ser confundidas com sobrenomes russos, que geralmente terminam em -oв (masculino) ou -ова (feminino).

Muitas vezes, a pronúncia dos patronímicos e dos sobrenomes é muito semelhante: imagine que o nome do pai de Ivan Ivanov também seja Ivan. O nome em seu documento de identificação seria Иван Иванович Иванов (Ivan Ivanovich Ivanov). Uma mulher chamada Aleksandra tem um pai chamado Aleksander (nome) Aleksandrov (sobrenome). Seu nome oficial seria então Александра (Aleksandra — nome feminino) Александровна (Aleksandrovna – patronímico) Александрова (Aleksandrova — sobrenome).

Falando com os parentes

E as tias e os tios? Assim como em português, é comum na Rússia usar тётя (tyotya — “tia”) ou дядя (dyadya — “tio”) + nome — assim, тётя Лена e дядя Женя, por exemplo. Nesse caso, o nome é usado em sua forma mais curta, como Лена, em vez de Елена (Elena) e Женя, em vez de Евгений (Yevgeny). Formas curtas de nomes são bastante populares na Rússia. Muitas vezes, um nome pode ter cinco formas curtas diferentes, que podem ser usadas apenas por amigos(as), parceiros(as) ou pais. Voltando ao assunto de linguagem formal e informal, em algumas famílias, usa-se Вы para tios e tias, mas em outras, usa-se ты. Depende da situação!

Infelizmente, nunca conheci meus avôs, então não posso falar sobre este exemplo familiar. Mas eu chamava minha avó paterna, Пелагея (Pelageya), de баба Поля (baba Polja — vovó Polya). Mas tenha cuidado! Баба combinado com um nome é uma forma abreviada de бабушка (babushka — “avó”), enquanto баба sozinho é uma forma depreciativa de dizer mulher. Eu chamava minha avó materna que me criou, Нина (Nina), carinhosamente de бабулик (babulik — vovozinha), sem o primeiro nome. Quanto ao pronome, eu usava ты com as duas avós.

Tudo isso pode ser confuso no começo, especialmente porque os patronímicos não existem em português. Ainda com relação a outros idioma, foi difícil para mim deixar as regras russas, em que a forma de tratamento formal é dominante, e passar a usar as regras alemãs (já que eu moro atualmente em Berlim), onde as pessoas vêm adotando o modo informal ao longo das últimas décadas. O choque cultural faz parte do aprendizado de idiomas, mas não se preocupe, basta um pouco de prática para pegar o jeito!

QUER FALAR RUSSO?
COMECE AGORA COM A BABBEL

Artigos recomendados

Russo sem Firula: Curiosidades sobre a Rússia

Russo sem Firula: Curiosidades sobre a Rússia

Falar russo pode parecer um desafio, mas nem de longe é tão assustador quanto parece. Nesta série de vídeos, mostramos como a Rússia e falar russo podem ser bem divertidos!
Rússia na berlinda: verdadeiro ou falso? – Saiba mais sobre a cultura russa!

Rússia na berlinda: verdadeiro ou falso? – Saiba mais sobre a cultura russa!

O que você sabe sobre a Rússia? Todo país tem seus mitos, mas neste vídeo vamos além dos estereótipos e desmistificamos alguns fatos sobre a Rússia. Assista!
As dores e delícias de aprender a língua russa

As dores e delícias de aprender a língua russa

Já pensou em aprender russo? O tradutor e jornalista Irineu Franco Perpétuo e linguistas internacionais falam da sua experiência ao estudar esse idioma.
ESCRITO POR Julie Krauniski
Author Headshot
Lars Bulanov
Como muitos estudantes na Rússia, Lars aos 22 anos completou seus estudos. Depois de adquirir um diploma como professor de Filologia Russa e Inglesa, ele mudou para Heidelberg onde continuou seus estudos, um mestrado em Filologia Alemã e Espanhola. Depois de se graduar, seguiu o destino e mudou-se para Berlim, onde ele trabalha como autor e editor dos cursos de russo da Babbel desde 2014.
Como muitos estudantes na Rússia, Lars aos 22 anos completou seus estudos. Depois de adquirir um diploma como professor de Filologia Russa e Inglesa, ele mudou para Heidelberg onde continuou seus estudos, um mestrado em Filologia Alemã e Espanhola. Depois de se graduar, seguiu o destino e mudou-se para Berlim, onde ele trabalha como autor e editor dos cursos de russo da Babbel desde 2014.
Qual idioma você gostaria de aprender?