Séries para aprender inglês (da Netflix)

Sabemos que não é só com livros e gramáticas que se aprende um idioma. Que tal colocar o seu ouvido para trabalhar e assistir séries para aprender inglês? Aperta o play!
Author's Avatar
ESCRITO POR Joriam Philipe
Séries para aprender inglês (da Netflix)

Foto de Marvin Meyer, Unsplash

Convido você para uma experiência catártica: abrir o Netflix, encontrar uma série nova e… desligar a legenda.

Existem dois lados dessa moeda — principalmente para estudantes que ainda não colocaram suas novas habilidades à prova. Por um lado, você pode se surpreender com o quanto você entende! Talvez franzindo a testa nos primeiros minutos e depois entrando no fluxo do idioma. Por outro lado, talvez você escolha um programa especialmente complicado em relação a temática, sotaque ou vocabulário. Em outras palavras, talvez você inadvertidamente escolha um banho de água fria e ache que está pior do que realmente está!

Mas não tenha medo! Estamos aqui com uma seleção de séries para vários níveis. Atenção: se você está aprendendo inglês há duas semanas, essa lista não vai oferecer muito! Mas mesmo estudantes iniciantes com menos de um ano de curso poderão desfrutar dessa seleção.

Só para explicar: essa lista não foi selecionada por professores de Harvard nem nada do gênero. São séries que eu assisti nos últimos anos e me peguei aprendendo termos, me acostumando com sotaques e até entendendo piadas pela primeira vez!

Vamos lá!

Nível iniciante

Stranger Things (Ação, Terror)

Banhada em uma nostalgia com gosto dos anos 1980, essa série conta uma história que poderia ter vindo de qualquer um dos clássicos: E.T., Robocop, De Volta Para o Futuro, Alien e tantos outros. Mas, por ser uma série moderna, usa os novos efeitos especiais e técnicas cinematográficas para contar uma história cativante.

A série não oferece grandes desafios em vocabulário (com a exceção de alguns poucos termos como Demogorgon (em português demi-górgona, acredite se quiser, existe um termo mitológico para o que eles estão falando), que mesmo em inglês é um termo obscuro e pouco conhecido. Talvez um termo ou outro dos anos 1980 como fanny pack (pochete), mas nada que não dê pra entender vendo a imagem. Pelo seu caráter “para toda a família”, os diálogos são claros e numa boa velocidade. Claro, a série virou um xodó mundial e eu não fui excessão! Agora já temos a segunda temporada no ar e ela é tão boa quanto a primeira.

BBC’s Planet Earth (Documentário, Natureza)

Lendária série de documentários sobre a natureza, conta com algumas das imagens mais impressionantes já captadas por qualquer fotógrafo. Como se não bastasse a fotografia, a BBC também tratou com muito carinho da narração e roteiro de todos os episódios. Uma experiência religiosa para fanáticos por documentários. Eu não consigo assistir um episódio sem me perguntar “caraca, quem será que filma essas imagens?”. É de sentir vontade de chorar!

Aqui encontramos o primeiro desafio: o sotaque britânico — mas não tema! Pelo caráter documental da série, a narração é calma e todas as informações vêm acompanhadas de imagens que ajudam a explicar o seu significado, caso uma palavra ou outra se perca. Os nomes de algumas localidades como Serengeti podem confundir de leve, mas também vão ajudar você a aprender sobre esses lugares — e até entender as palavras que você não entendia ouvindo Toto.

That 70’s Show (Comédia)

Um seriado clássico da década de 90, That 70’s Show brinca com os estereótipos da década de 1970 nos Estados Unidos — de certa forma provando como a sociedade mudou e continuou a mesma desde então.

Com um humor simples, a série não oferece muitos desafios de sotaque (mesmo o personagem indiano mantém um sotaque bem preso na coleira). Algumas gírias de época como boogie (na melhor tradução possível: balançar ou remexer) podem parecer um desafio a princípio, mas o roteiro faz questão de explicá-las muito bem.

Eu conheci o programa ainda na televisão, mas recentemente voltei para ele pela Netflix e estou novamente impressionado com o carisma dos personagens! Uma prova de que os bons programas envelhecem bem.

 

Nível intermediário

Altered Carbon (Ação, Ficção Científica)

Num futuro onde pessoas podem transferir suas consciências para um dispositivo — e esse dispositivo pode ser aplicado em outros corpos, um criminoso se encontra entrelaçado em um mistério e um corpo que não o pertencia originalmente.

Aqui as temáticas começam a ficar um pouco mais complicadas: conversas sobre DNA e identidade pessoal podem ser desafiadoras para os iniciantes. Por outro lado, é uma série de aventura, portanto essas conversas não são o foco da experiência. Alguns nomes de componentes químicos podem aparecer — por mais que muitos deles possam ser deduzidos (como a palavra Carbon — carbono), não acredite em todos! Alguns componentes podem confundir! Por exemplo Silicon não é “silicone”, mas sim “silício”.

Eu não sei vocês, mas para mim essa série tem um efeito parecido com Interstellar ou Inception: minha imaginação vai a mil e eu fico imaginando como seria viver nesse mundo!

Brooklyn Nine-Nine (Comédia)

Fazendo paródia aos inúmeros programas de TV que falam sobre a polícia, Brooklyn Nine-Nine conta com um elenco de gigantes da comédia americana como Andy Samberg e Terry Crews.

O único desafio aqui são os diálogos em que os personagens estão sendo sacanas uns com os outros — o que acontece frequentemente e é um dos melhores pedaços da série. Se isso não parece desafiador para você, essa é uma das melhores séries de comédia por aí. Alguns termos específicos do universo policial (como a sigla PD — Police Department, departamento de polícia) podem estranhar nos primeiros episódios, mas pouca coisa.

Há alguns meses eu (e o mundo todo) tomei um susto com o anúncio do cancelamento dessa gema! Mas não temam: ela foi recentemente comprada por outro estúdio e nossas risadas estão garantidas por mais alguns anos.

Supernatural (Ação, Terror)

Dois irmão investigadores paranormais cruzam os Estados Unidos resolvendo casos de possessão demoníaca, aparições e outros fenômenos sobrenaturais — mas não se engane! Isso não é Scooby Doo! Conforme a dupla vai encontrando e enfrentando demônios e espíritos, eles vão cada vez mais se enxergando do outro lado do véu.

A série se baseia muito na mitologia cristã, por isso algumas cenas (e até temporadas) podem ser um pouco mais desafiadoras. Algumas expressões são explicadas, mas em muitos casos a série assume que os espectadores conhecem os termos bíblicos de cor e salteado.

Supernatural me conquistou pela trilha sonora, mas acabei envolvido pela história! Não é super assustador e me faz rir um bocado nos seus momentos mais soltos.

 

Nível avançado

Cosmos: a Spacetime Odyssey (Documentário, Ciência)

Cosmos é uma série de documentários que tenta responder as perguntas mais básicas da humanidade: quem somos nós? De onde viemos? Há quanto tempo o universo existe? No caminho para essas respostas — ou nossos melhores palpites, aprendemos sobre as diversas revoluções que fizeram a nossa ciência avançar para o que é hoje em dia.

Por mais que a série fuja dos termos científicos, os temas ainda são muito complexos. Uma explicação sobre o funcionamento de um buraco negro ou do surgimento espontâneo da vida é desafiador mesmo em português. Assim mesmo, a série é brilhante e vale o esforço. Para um fanático por história como eu, isso aqui é ouro!

Sherlock (Drama)

O conhecido Sherlock Holmes aqui encarnado com toda a personalidade de Benedict Cumberbatch. A fama do personagem não deixa a desejar: mistérios e conclusões brilhantes, mas também problemas com abuso de drogas e prepotência. Com uma filmagem moderna e direção brilhante, essa não pode passar.

O grande desafio aqui é o sotaque. Diferente da série Planet Earth, aqui ele é lançado em toda a sua velocidade e complexidade, o que vai representar um grande desafio para quem não está acostumado. Mesmo assim, recomendo: pratique! Lidar com sotaques é um aprendizado valioso e o sotaque londrino abre as portas para outros mais complicados, como o neozelandês e o escocês.

The Standups (Comédia)

Uma premissa simples: a Netflix juntou alguns dos maiores e melhores comediantes do mundo e gravou suas apresentações de Stand Up. Simples assim, sem efeitos especiais ou adulterações — humor de palco nu e cru. Como sempre, uma boa apresentação performada por um mestre é explosiva.

Chegamos aqui ao ápice da complexidade! Sem as imagens acompanhando, o espectador precisa entender 100% de tudo o que é dito para compreender o que se passa. Mais ainda num cenário de comédia, com todas as referências e ironias que isso traz. Se você está procurando um verdadeiro desafio, cá está.

Stand up comedy sempre foi um ponto fraco para mim — eu não consigo parar de assistir! Por muitos anos eu mesmo quis ser um dos atores ali no palco. É lindo ver uma produção com essa qualidade e carinho.

 

Aprendendo por aí

Aprender inglês ou qualquer outra língua é um processo que envolve muitas áreas da sua vida. Você não precisa necessariamente de um livro, de uma sala de aula, de um horário marcado — tudo isso pode ajudar, mas se você expandir suas possibilidades, você ganha todo um novo leque de formas e cores para ajudar nesse aprendizado e, algumas séries podem ajudar bastante! Alguns apps ainda mais, não é mesmo? 😉

PRATIQUE SEU INGLÊS
EXPERIMENTE O APP DA BABBEL
Qual idioma você gostaria de aprender?