Qual idioma você gostaria de aprender?Right Arrow

Como escrever uma carta de apresentação em inglês?

Na hora de se candidatar a um emprego, a carta de apresentação é, junto com o currículo, um dos principais documentos a ser anexados. Mas como preparar uma carta dessas em inglês? Será que existe uma fórmula a ser seguida?
Escrito Por Chris Chriv
Como escrever uma carta de apresentação em inglês?

Independentemente do idioma, escrever uma carta de apresentação é um desafio e tanto para quem está se candidatando a uma vaga de emprego. De modo geral, a técnica não é tão complicada como pode parecer à primeira vista. É por isso que resolvemos reunir algumas dicas para que você possa arrasar ao redigir sua carta de apresentação em inglês. Vamos lá?

Dicas de como escrever uma carta de apresentação em inglês

  • CONSELHOS GERAIS

1. Escreva uma carta de apresentação para cada candidatura

Apesar de tentadora, a ideia de usar a mesma carta de apresentação para diversas candidaturas pode se revelar uma furada! As equipes de seleção conseguem reconhecer esse truque imediatamente. Portanto, o melhor que você tem a fazer é deixar a preguiça de lado e ousar na criatividade!

2. Atenção à legibilidade

Antes de mais nada, uma carta de apresentação precisa ser… legível! Para isso, recomendamos que você escolha uma fonte apropriada, com tamanho 12. Além do mais, as margens devem ser arejadas, com cerca de 2 centímetros em cada lado. Para deixar tudo mais bonito, dê preferência a um estilo que seja semelhante àquele que você usou em seu currículo: o mesmo tipo e tamanho de fonte, o mesmo espaçamento etc.

3. Limite sua carta de apresentação a apenas uma página

Faça o possível para que sua carta não exceda o limite de uma página — afinal, a habilidade de concisão também é importante. Mas é claro que essa dica não se aplica a todos os casos. Para algumas candidaturas (para cargos de grande responsabilidade, por exemplo), a carta de apresentação pode ser mais extensa.

4. Procure saber mais sobre a empresa para a qual você está se candidatando

Profissionais de recursos humanos do mercado anglo-saxão costumam prestar muita atenção à imagem que os candidatos têm das empresas nas quais pretendem trabalhar.

Nesse sentido, é importante que você tente se informar o melhor possível sobre seu eventual futuro empregador. Quais são os valores da empresa? O que ela tem a oferecer em comparação com a concorrência? O que você sabe sobre sua estratégia de desenvolvimento? Nossa dica aqui é que você pesquise artigos publicados na imprensa, leia relatórios anuais, se informe sobre as atuais discussões… e use sua carta de apresentação para mostrar que você seria uma grande aquisição para dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito.

  • O CABEÇALHO

A estrutura geral de uma carta de apresentação em inglês não difere muito daquela usada para cartas de apresentação em português. Mas alguns detalhes devem ser levados em consideração.

1. Dados pessoais

Ao elaborar uma carta de apresentação em inglês, certifique-se de inserir seus dados pessoais no canto superior à direita. Algumas equipes de seleção não são muito rigorosas quanto a esse detalhe. Mas, ao criar uma carta seguindo esse modelo, você está explicitando seu comprometimento com a candidatura.

Os dados a ser incluídos são os seguintes:

  • Nome e sobrenome (nesta ordem)
  • Endereço
  • Telefone
  • E-mail

2. Local e data

Nas cartas de apresentação em inglês, o local e a data costumam aparecer antes dos dados do destinatário, no alto, à esquerda.

Vale a pena lembrar que, em inglês, a grafia da data segue um estilo diferente, começando pelo mês, seguido do dia e, depois, do ano: July, 5th 2020 ou 07/05/2020. Se você se equivocar e utilizar a mesma ordem do português (dia, mês e ano), os avaliadores poderão pensar que seu domínio do inglês é insuficiente.

3. Dados do destinatário, precedidos da preposição “To

Ao redigir sua carta de apresentação em inglês, é fundamental mencionar uma pessoa específica como destinatário. Essa pessoa pode ser alguém responsável pela seleção de candidatos, seu eventual futuro chefe ou sua eventual futura chefe, o/a responsável pelo departamento…

Se você não souber a quem endereçar a carta, entre em contato com a empresa por telefone ou por e-mail e obtenha essa informação. Se a pessoa que atender sua chamada decidir encaminhá-la ao/à responsável pela vaga, não entre em pânico. Diga simplesmente que você gostaria de se informar melhor sobre o processo de candidatura, sobre o trabalho oferecido ou sobre as possibilidades dentro da empresa.

Aliás, caso você ainda não saiba, as pessoas que entram em contato por telefone com a empresa na hora de submeter sua candidatura têm mais chances de seguir adiante no processo seletivo.

4. Não mencione o assunto no cabeçalho

Apesar de praxe em vários idiomas, a indicação do assunto a ser tratado na carta (“Application for X position”) não é comum nas correspondências em inglês. Ou seja, depois dos dados do destinatário, você já pode começar direto com o texto.

  • O CONTEÚDO

Passemos agora à parte mais importante da carta — e razão principal deste artigo: o que incluir (e o que deixar de lado) na sua carta de apresentação em inglês.

1. Evite começar com “Dear Sir or Madam” ou “To whom it may concern

Apesar de frequentemente empregadas, as expressões “Dear Sir or Madam” (“Prezado/a Senhor/a”) e “To whom it may concern” (“A quem interessar possa”), de caráter mais generalista, devem ser evitadas. O melhor a fazer é endereçar sua carta de apresentação diretamente à pessoa responsável pelo processo seletivo. Se você está se candidatando a uma vaga de estágio, mencione aqui o nome da pessoa que eventualmente será o seu ou a sua chefe. Algumas regrinhas:

  1. Não se esqueça do ponto depois da abreviação “Mr.” (Senhor) ou “Ms.” (Senhora). 
  2. Você pode optar por um tom mais informal e tratar a pessoa pelo nome, como em “Dear Robert” (Caro Robert). Essa forma, aliás, é muito bem vista em alguns meios, sobretudo entre start-ups, agências de publicidade etc.
  3. Jamais escreva nome e sobrenome, já que isso soa excessivamente formal.

2. Evite frases do tipo “I am writing to apply for…

Quase todas as cartas de apresentação começam com frases óbvias como “I am writing to apply for…” (Estou escrevendo para me candidatar à…) ou alguma de suas inúmeras variações. Tente se colocar por um instante na posição dos profissionais de seleção, que, diariamente, deparam com várias e várias correspondências que começam do mesmo jeito. Um tanto cansativo, não?

É por isso que você deve buscar uma abordagem diferente, que faça com que sua carta se destaque. Seja original e comece sua carta contando uma história (“I recently visited Berlin’s Video Games Museum and noticed that…”, Há pouco tempo visitei o Museu do Vídeo-Game de Berlim e percebi que…) ou mesmo se apresentando (“As a high skilled fullstack developer, I...”, Como profissional de programação altamente competente, eu…).

3. Atenção às contrações

Em uma carta de apresentação em inglês, você deve evitar a forma contraída de pronomes e verbos: escreva I am” (eu sou/estou) em vez de “I’m”, “I have done” em vez de “I’ve done” (eu fiz) etc. As contrações se aplicam apenas ao discurso oral e a textos escritos de caráter mais familiar.

Se você pretende economizar espaço, escreva então as datas em algarismos — e alguns números também, desde que maiores do que 20. Um exemplo: “I have managed two trainees” (Coordenei o trabalho de dois estagiários) em vez de “I’ve managed 2 trainees”.

4. Show, don’t tell: a regra de ouro

Se sua intenção é se destacar na multidão, não basta dizer coisas boas a seu favor: você precisa mostrá-las.  Este é o nosso melhor conselho para que suas chances de sucesso sejam ainda maiores. A regra “Show, don’t tell” (Mostre, em vez de falar) é uma grande aliada — e costuma convencer os encarregados do processo seletivo de que sua candidatura é valiosa.

Escolha um fato, uma estatística, uma data ou uma experiência que mereça ser mencionada. Pode ser, por exemplo, o aumento do faturamento de uma empresa durante a época em que você trabalhou para ela, a visibilidade conquistada pela marca graças aos seus esforços enquanto responsável pelas redes sociais, os milhares de reais economizados graças às suas intervenções etc. Em outras palavras: compartilhe o seu sucesso!

5. Nem muito formal… nem muito informal

Encontrar o balanço ideal entre um tom formal e um tom informal é um desafio em qualquer idioma. Mas, em inglês, pelo menos você não precisa se questionar no que diz respeito ao pronome de tratamento a ser utilizado: “you” (você).

De toda forma, vale a pena prestar muita atenção ao tom geral da sua carta de apresentação. Se ela for muito formal, cheia de palavras obsequiosas, os avaliadores poderão pensar que você é uma pessoa um tanto inadequada para o trabalho. Se a carta for muito informal, a impressão causada também pode ser ruim, de que você não leva as coisas muito a sério. O ponto de equilíbrio está justamente no meio! Nossas dicas:

  • Como dito anteriormente, evite formas contraídas (I’m, couldn’t, haven’t…).
  • Recorra a algumas conjunções-chave, como “thus” (portanto), “besides that” (além disso), “however” (entretanto) etc.
  • Evite expressões típicas de ensaios, como first of all” (antes de mais nada), “to beginn with” (para começar) etc.
  • Evite expressões muito carregadas e pouco utilizadas no cotidiano, como “therefore” (portanto), “notwithstanding” (a pesar de) etc.

6. Evite traduzir do português

Na hora de escrever uma carta de apresentação em inglês, o melhor a fazer é… escrevê-la em inglês! Em outras palavras: não comece com um rascunho em português para depois traduzi-lo. Essa é a melhor forma de evitar construções que, em inglês, soariam um tanto estranhas. Faça um esforço e tente escrever em inglês sem precisar recorrer a traduções.

E um outro conselho: evite fórmulas prontas do português, tais como “Através desta carta…” para começar seu texto, ou “Atenciosamente” para terminá-lo. Aliás, nos tópicos a seguir vamos falar sobre como concluir sua carta de apresentação.

  • A CONCLUSÃO

Faça um convite (call to action)

Assim como na propaganda, sua carta de apresentação terá mais chances de sucesso se concluída com um convite à equipe responsável pelo processo seletivo. Visite minha página web, entre em contato com a empresa em que trabalhei anteriormente, dê uma olhada nos projetos que desenvolvi… Esses são apenas alguns exemplos que você pode utilizar.

No universo do marketing, essa forma de abordagem é conhecida como “call to action” (chamada para ação). Sinta-se livre para incluir o endereço do seu portfólio online ou o link de algum artigo que você tenha escrito e disponibilizado na internet. Mencione os dados de empresas em que você trabalhou, com o nome e o telefone dos seus então superiores.

Antes de terminar

Para arrematar sua carta de apresentação em inglês, três conselhos:

  1. Faça um resumo das suas melhores características, porém sem repetir o que você já mencionou.
  2. Mostre confiança em sua candidatura: “I look forward to speaking with you about how I could be an asset for your team“ (Espero que em breve possamos falar sobre minha atuação em sua equipe).
  3. E expresse gratidão: “Thank you for your consideration” (Agradeço sua consideração).

Você também pode incluir frases como: “I believe my three years of experience in communication, specifically working in the tourism industry, will be an excellent asset (Acredito que meus três anos de experiência em comunicação, especialmente no ramo do turismo, serão de grande valor), I would love the chance to further discuss the position and what skills I would bring to your team (Gostaria de ter a oportunidade de conversar sobre a vaga e a contribuição que posso aportar à equipe), Thank you for considering my application(Agradeço por considerar minha candidatura).

E por último…

Escolha o caminho mais simples. Como últimas palavras, recorra a expressões como “sincerely” (sinceramente) ou “best regards” (saudações), seguidas de uma vírgula. Por fim, escreva seu nome, seu sobrenome e assine. Pronto! Agora é só mandar sua carta de apresentação. Boa sorte!


A carta de apresentação em inglês é muito importante durante uma entrevista. Mas também é aconselhável ler as seguintes dicas:

Você sonha com uma carreira em uma empresa internacional? Então, comece a aprender inglês.
Chris Chriv
Chris é jornalista e vive escrevendo no seu blog de viagens (em francês), onde ele conta histórias do mundo todo. Ele compartilha detalhes da sua vida em Paris e dos lugares mais desertos do mundo e gosta de ter tempo para conversas longas com as pessoas que conhece pelo caminho.
Chris é jornalista e vive escrevendo no seu blog de viagens (em francês), onde ele conta histórias do mundo todo. Ele compartilha detalhes da sua vida em Paris e dos lugares mais desertos do mundo e gosta de ter tempo para conversas longas com as pessoas que conhece pelo caminho.

Artigos recomendados

5 sugestões para começar espanhol do zero

5 sugestões para começar espanhol do zero

Faça algumas anotações e as coloque em prática!
Escrito Por Cristina Gusano
Como as pessoas de todo o mundo fazem resoluções

Como as pessoas de todo o mundo fazem resoluções

Desde queimar efígies até beber cinzas, há em todo o planeta inúmeras maneiras de aderir a novos hábitos, em decisões geralmente tomadas na virada de um ano.
Entrevista de emprego em inglês: You can do it!

Entrevista de emprego em inglês: You can do it!

Fazer uma entrevista não é lá a melhor das experiências, mas se você se preparar, o estresse vai ser menor e o sucesso com certeza maior. Que tal usar o aplicativo da Babbel para ajudar você nesta tarefa? Damos aqui dicas valiosas de como se dar bem em uma entrevista de emprego em inglês.