Qual idioma você gostaria de aprender?Right Arrow

Como escrever um currículo em inglês

Um bom currículo é essencial para chamar a atenção de quem contrata. Veja o que você precisa fazer para aumentar suas chances de conseguir aquele emprego dos sonhos no exterior com as dicas sobre como fazer um currículo em inglês.
Como escrever um currículo em inglês

Se você quer trabalhar em algum país de língua inglesa, lembre-se de que o idioma não é a única diferença a qual você terá que se adaptar, inclusive ao fazer um currículo em inglês. Há também um aspecto cultural que será muito importante no seu dia a dia em qualquer empresa onde trabalhe no exterior. 

As novidades já começam no seu currículo. O que nós no Brasil valorizamos nesse documento, que é seu cartão de apresentação para uma empresa, pode ser bem diferente do que seja o ideal para o mercado estadunidense, por exemplo.

Para você não fazer feio e dar uma ótima primeira impressão para quem recruta, nós, da Babbel, reunimos informações importantes sobre os currículos made in the US que vão além de apenas informar no currículo que você sabe falar inglês fluentemente. Confira!

Como se chama um currículo em inglês: CV ou Résumé?

A forma mais comum de se candidatar a um emprego nos Estados Unidos é utilizando um résumé. Ou seja, um documento de uma página em formato similar a um currículo.

Mas este é bem mais focado no seu histórico profissional e nas suas habilidades e qualificações para ocupar uma vaga específica. 

O CV, ou Curriculum Vitae, é um documento que costuma ser mais longo e detalhado. Ele é especialmente usado por quem busca uma carreira acadêmica ou de pesquisa.

Dados essenciais

As leis norte-americanas para prevenção de discriminação impedem que alguém que futuramente vá te contratar exija dados como sua idade, gênero, estado civil, raça, religião e até o país de origem. 

Sim, alguns desses dados são importantes em um currículo para empresas brasileiras, mas, na terra do Tio Sam, eles não devem ser mencionados.

A partir de dados que você dará, como nome e detalhes da sua carreira e formação, será possível ter uma ideia de sua idade e gênero. Mas de acordo com a lei, um empregador deve avaliar seus candidatos a partir de sua experiência profissional. 

Portanto, escreva apenas seu nome completo, telefone, endereço residencial e e-mail na primeira seção do seu résumé.

Sua imagem

Muitos currículos no Brasil são enviados com foto. Mas se você está procurando um emprego nos Estados Unidos, saiba que colocar uma foto só é aceitável se a empresa especificar claramente a necessidade dela.

Formatação

Capriche na formatação para que seu currículo fique visualmente atraente e chame a atenção de quem faz o recrutamento. Mas cuidado para evitar exageros. 

Os pontos principais para acertar na formatação são:

  • Papel e Margens

Os currículos tradicionais têm margens superior, inferior, direita e esquerda de 1” (ou 2,54 centímetros). Além disso, o tipo de papel utilizado nos EUA é diferente do nosso. Enquanto estamos acostumados com o formato A4, eles usam o formato Carta.

  • Fonte

Algumas das fontes mais usadas em résumés são: Bookman Old Style, Georgia, Verdana, Times Roman, Times New Roman, Garamond e Arial. Não existe uma proibição de usar outras fontes, mas as que foram citadas são consideradas de fácil leitura.

Tente também ajustar o tamanho da sua fonte para ficar entre 11 e 12. Qualquer coisa fora desses padrões é pouco comum.

Tipos principais de currículo em inglês

Aprenda como escrever um currículo em inglês

Ilustrado por Paola Saliby

Um tipo de currículo popular é aquele em que os eventos da sua carreira aparecem em ordem cronológica reversa. Nele, você lista as suas informações partindo da mais recente. 

Esse tipo de currículo é ótimo para quem já está no mercado de trabalho há um bom tempo e quer focar nas promoções que recebeu para continuar na mesma área em que trabalhava no emprego anterior.

Existe também um currículo chamado de funcional, em que se ignora a ordem em que os eventos da sua carreira aconteceram. Assim é possível organizar a experiência baseada na relevância de algum emprego para a vaga atual.  

Esse tipo de currículo é bom para disfarçar algumas pausas na sua carreira e promover alguma habilidade específica.

Quando você já tem uma boa experiência na área de atuação e quer ressaltar primeiro suas habilidades e conquistas relevantes para o trabalho atual, mas também mostrar sua experiência em ordem cronológica, é interessante utilizar uma combinação dos dois tipos utilizados acima.

Seções do seu currículo

Independentemente do tipo de currículo, existem seções com informações que sempre devem ser usadas. Lembrando que a ordem pode variar de acordo com o tipo de currículo.

  • Heading (Cabeçalho) – Fica no topo da página com seu nome, endereço e telefone de contato.
  • Objective or Summary (Objetivo ou Resumo) – Não é essencial, mas é muito comum. A diferença entre o objective e o summary é que o primeiro é um pouco mais curto e inclui apenas o nome do cargo para o qual você está se candidatando e a principal qualidade que qualifica você para tal. Já o summary é mais usado por pessoas com uma experiência maior e mostra o que você já fez de melhor no trabalho.
  • Qualifications (Qualificações/Capacitação) – Essa seção está reservada para você apresentar dados como experiência de trabalho, educação e cursos relevantes para o trabalho que quer exercer. Tudo isso pode ser separado em subcategorias.
  • Accomplishments (Conquistas) – Essa é a parte em que pode colocar prêmios recebidos, além de palestras ou apresentações preparadas por você e publicações das quais participou.

Você provavelmente vai cair na tentação de escrever o máximo de informação possível sobre a sua vida profissional no seu currículo. Mas,  lembre-se de que em uma primeira fase seu futuro empregador deseja apenas informações essenciais para o cargo oferecido.

Dicas finais

1. Palavras-chave

Muitas empresas grandes utilizam uma triagem eletrônica para ajudar a diminuir a quantidade de trabalho de quem recruta. Por meio dela pode ser feita uma seleção baseada em palavras-chave. 

Portanto, preste bastante atenção às exigências feitas no anúncio de emprego e trabalhe-as em seu currículo. Assim você poderá ter uma chance maior de que ele seja lido e passe para a próxima fase da seleção.

Quer um exemplo? Você procura uma vaga como Agente de Serviço ao Cliente e lê em um anúncio que a empresa deseja que tenha habilidade para lidar com tarefas simultâneas, para gerenciar bem seu tempo e familiaridade com terminologia médica:

  • Ability to multitask 
  • Good time management skills
  • Familiarity with medical terminology

Você preenche todos esses requisitos? Então quando escrever seu currículo certifique-se de adicionar todas essas palavras. 

Se possível, use-as exatamente como elas foram escritas no anúncio. Assim, caso a primeira triagem seja baseada em palavras-chave, o sistema reconhecerá que você tem vários atributos necessários para exercer a função descrita. 

Essa é uma vantagem e uma dica que vai além das que encontra sobre como fazer um currículo em inglês. Uma das melhores partes para usar as keywords é o summary:

Customer Service Agent with 5+ years of experience attending hospital. Familiarity using medical terminology. Great multi-task, time management and interpersonal communication skills. 

(Agente de Serviço ao Cliente com mais de 5 anos de experiência atendendo profissionais de hospitais. Familiaridade com o uso de terminologia médica. Habilidade para lidar com tarefas simultâneas e gerenciar bem o tempo e competência para comunicação interpessoal.)

2. Revisão

Assim que seu currículo estiver pronto, procure alguém para checar possíveis erros. Uma revisão mal feita ou a falta dela poderá ser um fator decisivo no processo de seleção.

Dicas gerais para ter um bom modelo de currículo em inglês 

Na internet, você encontra vários modelos de currículos em inglês prontos. Mas, nem sempre é bom seguir o padrão deles.

Então, para não errar, além das dicas acima, aconselhamos:

1. Não use um tradutor automático

Primeiro é importante saber que a versão de currículo em português não é um bom exemplo de currículo em inglês. Afinal, muitos termos não correspondem diretamente à língua inglesa, resultando em uma tradução estranha.

2. Faça bom uso dos verbos

Aproveite para incluir os verbos em inglês de ação que remetem às suas realizações, mostrando que você possui iniciativa. Entre as opções, você pode usar: manage, decide, structure, solve e initiate. Além deles, os verbos passivos, como have e to be.

3. Seja objetivo

Passe somente informações relevantes para a vaga que está se candidatando. Um bom currículo não é o que possui mais páginas. Portanto, vá direto ao ponto, sendo claro e objetivo.

Quais as expressões em inglês mais usadas no currículo?

Nos currículos em inglês, as expressões e palavras mais comuns são:

  • Position: cargo
  • Career: carreira
  • Skills: habilidades
  • Applicant: candidato
  • Competences: competências
  • Profile: perfil
  • Internship: estágio
  • Goals/objectives: metas/objetivos
  • Undergraduate student: aluno de graduação
  • Languages: idiomas
  • Graduate student: alunos de pós-graduação
  • Professional summary: resumo profissional
  • Knowledge of: conhecimento de

Como se preparar para uma entrevista de emprego em inglês

Além de saber como fazer um currículo em inglês, é importante estar preparado para a entrevista. Assim você estará mais perto de conquistar a tão sonhada vaga de emprego. Veja algumas dicas!

1. Pratique o inglês

Não basta apenas aprender a falar inglês e achar que vai dominar o idioma em uma entrevista. Para não fazer feio, é preciso praticar antes.

Então, convide alguém para praticar a língua inglesa como se estivesse falando com o recrutador. Mas, a prática deve ser feita com alguém que saiba te corrigir, em caso de erros.

2. Faça um resumo sobre você antes

Durante as entrevistas, é comum que os recrutadores usem a famosa frase: ‘tell me about yourself’. Então, para não ser pego desprevenido, faça um resumo falando sobre você antes da entrevista e pratique.

Elabore respostas para as possíveis perguntas, ou seja, os tópicos importantes. Assim, você ficará mais confiante.

3. Conheça o vocabulário técnico

Conheça o vocabulário em inglês referente ao cargo escolhido e esteja preparado para responder ou citar as palavras técnicas. Isso ajuda a demonstrar o seu empenho e preparação para a vaga de emprego.

O que colocar no objetivo do currículo para vaga internacional

Ao tentar uma vaga de emprego no exterior, por exemplo, nos Estados Unidos, é comum surgir dúvidas. Entre as mais comuns, os candidatos querem saber sobre o que colocar no objetivo do currículo.

Mas, essa seção – objetivo profissional ou objective – não é comumente usada. Afinal, ao se candidatar para determinada vaga é evidente que o seu objetivo é de assumi-la.

Você pode usar essa informação anexando uma Carta de Intenção. Nela você enfatiza sobre o que está buscando, de forma direta e objetiva.

Além disso, é recomendável não usar frases prontas, como: “Desejo alcançar o desafio a que me proponho, de forma que eu possa aplicar meus conhecimentos e assim, me desenvolver como profissional”. Aproveite o espaço e coloque a posição desejada, seja Finance Manager, Marketing Director ou outros cargos.

O que escrever no e-mail para enviar currículo

Agora você já sabe o que escrever no currículo. Mas, se for enviá-lo por e-mail, é importante fazer da forma correta.

Nessa hora surgem dúvidas como o que escrever no e-mail do currículo, título e corpo. Em ‘Assunto’, você pode colocar o nome da vaga e o cargo que deseja.

Mas, fique atento se o anúncio da vaga especificou o preenchimento desse campo. Por exemplo, você pode escrever: “Finance Manager – Job Application”.

E se a dúvida for sobre o que escrever no corpo do e-mail para enviar currículo, foque em um texto curto. Nele você pode fazer uma breve apresentação, incluindo informações sobre:

  • Dizer que o currículo está em anexo;
  • Citar o cargo pretendido;
  • Tempo de experiência na área;
  • Motivo para contratá-lo;
  • Informar que aguarda o retorno;
  • Assinar.

Além disso, é importante iniciar o texto de forma formal, por exemplo: “Dear Sirs” (prezados senhores).

Então, agora você já sabe como fazer um currículo em inglês.

Boa sorte! Good luck! 

VOCÊ QUER TER MAIS OPORTUNIDADES DE TRABALHO?
Author Headshot
Camila Rocha Irmer
Cursar Letras foi o resultado natural da paixão da Camila por ensinar e aprender. Depois de alguns anos dando aulas de idiomas, ela começou a trabalhar no departamento de Didática da Babbel. Para se conscientizar das dificuldades e benefícios de aprender novos idiomas, Camila decidiu voltar a estudar. O resultado dessa experiência foi tão positivo que ela quis compartilhar suas estratégias de aprendizado e ajudar outras pessoas escrevendo cursos para o aplicativo e artigos para a Revista da Babbel.
Cursar Letras foi o resultado natural da paixão da Camila por ensinar e aprender. Depois de alguns anos dando aulas de idiomas, ela começou a trabalhar no departamento de Didática da Babbel. Para se conscientizar das dificuldades e benefícios de aprender novos idiomas, Camila decidiu voltar a estudar. O resultado dessa experiência foi tão positivo que ela quis compartilhar suas estratégias de aprendizado e ajudar outras pessoas escrevendo cursos para o aplicativo e artigos para a Revista da Babbel.

Artigos recomendados

Trabalhar fora do país: conheça seus clientes, invista em um idioma

Trabalhar fora do país: conheça seus clientes, invista em um idioma

Você quer abrir um negócio no exterior? Se prepare para lidar com diferentes públicos e clientes. Neste artigo, Joriam conta que além das burocracias, entender como o idioma afeta sua clientela faz a maior diferença.
Escrito Por Joriam Philipe
Trabalhar na Alemanha: “freelando” em Berlim

Trabalhar na Alemanha: “freelando” em Berlim

Já imaginou como é trabalhar na Alemanha? Mais especificamente, em Berlim? Para quem não conhece a capital alemã, mostramos que os empregos estão muito além daquelas posições corporativas tradicionais. Veja como é “freelar” em Berlim.
Escrito Por Joriam Philipe
Os 7 idiomas mais competitivos no mundo dos negócios, e a importância do inglês no mercado de trabalho

Os 7 idiomas mais competitivos no mundo dos negócios, e a importância do inglês no mercado de trabalho

Atualmente, quem fala apenas um idioma fica para trás no mundo dos negócios. Listamos aqui os idiomas mais importantes para alavancar a sua carreira.
Escrito Por Sean Fitzsimons