Babbel Logo

Desafios do francês: Bref e a velocidade na fala

Um teste de velocidade para a sua compreensão da língua francesa — e uma das melhores séries do Canal+.
Author's Avatar
ESCRITO POR Joriam Philipe
Desafios do francês: Bref e a velocidade na fala

Este artigo vem para oferecer um exercício intenso para quem está aprendendo um idioma. Ele não é recomendado para estudantes dando os primeiros passos, mas, sim, para aqueles que estão se preparando para dominar uma língua estrangeira.

Sabe aquela pessoa que fala rápido, meio enrolado, difícil de entender? Pareceatéumtecladoquebrado? Bom, aperte os cintos. Essa série não está aqui para facilitar a sua vida e sim para ser um quebra-cabeças.

Um passo muito importante no aprendizado de um idioma é quando você começa a assistir aos mesmos programas que os nativos daquela língua. Não se trata apenas da compreensão dos termos em si, mas de se acostumar com a lógica da língua, com a musicalidade dos sotaques. Não existe outra solução senão treinar o ouvido repetidamente—principalmente com séries que desafiam, como esta.

Do Youtube para a TV

(Se você está apenas interessado nas recomendações de episódios, basta pular para o próximo tópico)

Em 2011 a rede francesa Canal+ lançou uma pequena série chamada Bref. O mui bem escrito roteiro tinha uma proposta simples: retratar a vida de um homem francês aos 30 anos. Por mais simples que seja a premissa, o grande triunfo de Bref está na sua edição: é uma série de TV baseada nas idiossincrasias dos vídeos on-line, principalmente dos vídeos mais populares do Youtube na época.

Assim, a série se tornou uma espécie de ponte entre dois mundos. De um lado, o orçamento e profissionalismo de uma equipe de televisão com categoria para competir no mercado global — do outro, um formato com dois minutos de duração, mais de 130 planos por minuto, repleto de jumpcuts e outras técnicas dos youtubers famosos.

De certa forma, Bref pavimentou um caminho para que outros pudessem seguir. Hoje em dia, muitos dos astros mais famosos do Youtube da França estão trabalhando em séries narrativas ficcionais e se baseando numa qualidade similar à do programa. Nomes como Cyprien, Norman e Antoine Daniel — chegaram ao cúmulo de fazerem uma série com a mesma temática da vida aos 30 anosmesma temática da vida aos 30 anos.

Atenção: este é um conteúdo bem avançado da língua francesa. Os episódios não só vão pedir uma compreensão na velocidade da luz, mas também um bom vocabulário (incluindo expressões idiomáticas e muitas, muitas, muitas gírias). Por favor, não se sinta diminuído se for um pouco demais para o seu nível. Você pode começar com algo mais simples. Encontrar uma mídia audiovisual que seja interessante para você é um passo cada vez mais importante no aprendizado de idiomas e o costume de ouvir personagens tende a tornar o falar do dia a dia mais simples de se entender.

Lá vamos nós:

1- “J’ai grandi dans les années 90”

O personagem principal, Je (o nome nunca é revelado durante a série), encontra uma caixa com seus antigos pertences da juventude. Daí começa a se lembrar de como era a vida nos anos 90 a partir dos objetos que encontra — pochetes, fitas cassete, cartões telefônicos.

É interessante como ele usa uma linguagem atual para falar do passado, mas também se lembra das expressões e até das visões sobre o futuro no passado. Não é apenas uma olhada para o passado, mas para a vida escolar francesa da época.

Pequeno dicionário de apoio:

rembobiner: rebobinar (fitas)

castratrice: castradora

sac banane: pochete

francs: francos (antiga moeda)

2- “J’ai passé un entretien d’embauche”

Nesse episódio, Je nos conta das suas estratégias e hipocrisias na busca de um emprego. Depois de muitas tentativas, ele consegue uma entrevista e – mesmo que muitas de suas mentiras tenham sido desmascaradas – ele finalmente consegue um trabalho.

Pequeno dicionário de apoio:

embauche: emprego, contrato

Dingo: Pateta (personagem da Disney)

boulou: trabalho

lasche: covarde

3- “Je suis vieille”

Nesse episódio não acompanhamos Je, e sim uma senhora que ele encontra na rua. O episódio foi feito especialmente para o journée de solidarité envers les personnes âgées (Dia da Solidariedade com os Idosos).

A história é a de uma viúva que passa a maior parte do tempo acompanhada por um outro personagem, a solidão. Seguimos o seu dia a dia cômico, já que ela esquece tudo e repete muitos de seus atos.

É considerado por muitos o episódio mais bonito da série.

Pequeno dicionário de apoio:

reoublier: esquecer duas vezes

siffler: assobiar

tête: cabeça, mente

Genevieve: (nome próprio)

Desafiando
Se você gostou do formato e também tem interesse em testar o seu inglês, você pode checar esse outro artigo.

Até a próxima!

Fale francês de verdade.

Baixe o aplicativo Babbel