Qual idioma você gostaria de aprender?Right Arrow

Tradições de carnaval na América Latina

Viva o carnaval no estilo latino-americano! Embora muitos países comemorem o carnaval na mesma época do ano, suas diferentes tradições farão com que você tenha vontade de visitar cada um deles.
Tradições de carnaval na América Latina

Há algo de especial nas ruas, nos povos e nos costumes latino-americanos. E é durante o carnaval que essa riqueza de cores, danças, ritmos, culturas e tradições fica mais evidente. Viajar pelo continente nessa época é sempre uma experiência inesquecível. 

Breve histórico

A palavra “carnaval” se originou da expressão genovesa carne levare, uma referência à época em que era necessário se despedir da carne. Por tradição religiosa, a quaresma era um tempo de privações – e o carnaval surgiu como uma maneira de desfrutar de tudo aquilo a que os cristãos deveriam renunciar: comida, bebida, dança e luxúria. Esse costume apareceu por volta dos anos 1300 na Europa e chegou à América durante a época das conquistas. No entanto, as marcas registradas do carnaval que conhecemos hoje, como o uso de máscaras e de danças, foram um aporte dos povos afrodescendentes.

Carnavais latino-americanos

Apesar de as festas mais famosas acontecerem no Rio de Janeiro e em Barranquilla (Colômbia), vale muito a pena conhecer as tradições e as formas de celebrar o carnaval nos demais países da América Latina. Embarque conosco nesta viagem.

Carnavais na América Central

México

Com festas em diferentes cidades antes de 15 de fevereiro, mexicanas e mexicanos queimam o mau humor, fazem o enterro de Don Juan Carnaval e coroam o rei da alegria.

Guatemala

Estourar cascarones (cascas de ovos recheadas com confetes de papel, cinzas ou farinha) é uma tradição na Guatemala que diverte adultos e crianças e remonta a mais de 400 anos. O carnaval é celebrado com festas e fantasias na terça-feira que antecede a Quarta de Cinzas. 

Honduras

O Carnaval Internacional de la Amistad (“Carnaval Internacional da Amizade”) é festejado em maio em Honduras. A cidade de La Ceiba se transforma em um grande palco de desfiles, carros alegóricos e danças. A venda de objetos artesanais típicos é uma tradição que dará a você a oportunidade de levar para casa alguma recordação desse país. 

El Salvador

O carnaval de San Miguel, em El Salvador, é um dos mais importantes da América Central. É em novembro que mais de 2 milhões de pessoas se encontram nas ruas para celebrar. Rainhas, bailes e bolhas de sabão são algumas das tradições carnavalescas que fazem com que o País do Eterno Sorriso seja realmente inesquecível.

Nicarágua

Alegría por la vida (“Alegria de viver”) é o nome do carnaval nicaraguense, que, apesar de jovem, não deixa nada a dever às festas maiores de outros países. Entre os meses de março e abril, um desfile de fantasias e carros alegóricos de todas as partes da Nicarágua percorre mais de 1 quilômetro, permitindo a folionas e foliões desfrutar da celebração de luzes e cores. 

Costa Rica

Dezembro se enche de luz e carnaval na Costa Rica. Dois dos principais eventos desse país são realizados nesse mês: o Festival de la Luz (“Festival da Luz”), que anuncia com fogos de artifício a chegada do Natal, e o Carnaval de San José, que, com seus tradicionais desfiles, shows e fantasias, celebra o ano novo.

Panamá 

Se você pensa ir ao Panamá, prepare-se para quatro dias de diversão em que dois eventos muito tradicionais dão o tom da celebração: as mojaderas (festas de rua com música e jatos de água jorrados sobre a multidão) e o enterro da sardinha, uma espécie de “cortejo fúnebre” que anuncia o fim do carnaval. Tudo isso acontece entre os dias 26 de fevereiro e 1º de março.

Carnavais na América do Sul

Colômbia

Enquanto o Caribe colombiano abre a festa, a comunidade de San Juan de Pasto se encarrega de encerrar as comemorações. Em fevereiro, Barranquilla é tomada por cores, deixando habitantes e visitantes em êxtase. São quatro dias de festas com direito a desfiles diurnos e noturnos, rei momo, batalha de flores e muito mais. Já em dezembro, no sul do país, é celebrado o tradicional Carnaval de Negros y Blancos (“Carnaval de Negros e Brancos”), festividade lúdica caracterizada pela presença de bonecos gigantes que inspiram expressões de tolerância sem distinção de raças nem de cores. Esses carnavais, muy colombianos, diga-se de passagem, foram declarados patrimônio cultural imaterial da humanidade pela Unesco.

Venezuela

O carnaval venezuelano é celebrado no final de fevereiro, com muita dança, música e gente fantasiada. Os dois dias de festejo fazem parte da cultura e das tradições desse país. 

Equador

Com altas doses de alegria, o carnaval equatoriano é festejado de 28 de fevereiro a 1º de março. Esse evento une as pessoas e revive tradições agrícolas, musicais e gastronômicas desse exuberante país. Se você estiver visitando o Equador nessa época do ano, prepare-se para tomar jatos de água e talco pelas ruas.

Peru

O Peru festeja seu carnaval de duas maneiras: com a festa folclórica e as brincadeiras de água e tinta. Se bem que, no final das contas, essas duas celebrações se misturam em um grande evento de três dias de duração marcado para acontecer nos últimos dias de fevereiro. O capataz conduz os diabos que, com movimentos acrobáticos, assustam folionas e foliões desprevenidos. 

Brasil

Mescla de cultura, história e tradição, os diferentes carnavais brasileiros são uma referência para todo o planeta. Os desfiles no sambódromo, com seus famosos carros alegóricos, serão feitos em abril. Mas a verdade é que as festas acontecem de diversas formas por todo o imenso território do país – com trios elétricos, blocos de rua, bonecos gigantes e muito mais. Independentemente da sua escolha, prepare-se para uma experiência inigualável. 

Bolívia

Para celebrar seu Carnaval Indígena de Oruro, patrimônio oral imaterial da humanidade, a Bolívia escolheu os dias 26 e 27 de fevereiro. Danças representativas típicas da região são o principal elemento dessa tradicional festa.  

Paraguai

A maior festa de carnaval realizada no Paraguai acontece na cidade de Encarnación. Durante cinco sábados entre janeiro e fevereiro, pessoas de todo o país se reúnem para acompanhar os desfiles no sambódromo local.

Uruguai

O Uruguai é o país com o carnaval mais longo de todos: são, ao todo, 40 dias de duração. O carnaval de Montevidéu é caracterizado pelo ritmo afro-uruguaio candombe, com danças, desfiles e apresentações em palcos. A abertura das celebrações aconteceu em 20 de janeiro. 

Chile

Localizada no norte do Chile, a cidade de Arica festeja anualmente o Carnaval Andino con la Fuerza del Sol (“Carnaval Andino com a Força do Sol”). Danças em homenagem à deusa Pachamama e representações como a Diablada comprovam que antigas tradições seguem vivas neste carnaval de três dias celebrado no fim de janeiro. 

Argentina

Córdoba, San Luis e La Rioja são algumas das muitas províncias que, assim como Buenos Aires, comemoram o carnaval com desfiles e festas de rua. Por todos os lados do país, trata-se de uma grande celebração capaz de unir argentinas e argentinos.  

Como você pode ver, é possível traçar um itinerário que vai do México à Argentina e festejar as tradições, celebrar a união e espantar as tristezas.


O artigo sobre as tradições de carnaval do México para a Argentina encorajou você a ler mais sobre cultura? Então veja esses artigos:

Aprenda um idioma e viaje pela América do Sul e América Central.
Adriana Jiménez
Adriana é filóloga e desde pequena se interessa por aprender coisas novas. Sua fascinação por idiomas a levou a aprender turco e alemão depois dos 40 anos de idade, e se considera uma especialista quando o assunto é motivação e técnicas de aprendizado para adultos.
Adriana é filóloga e desde pequena se interessa por aprender coisas novas. Sua fascinação por idiomas a levou a aprender turco e alemão depois dos 40 anos de idade, e se considera uma especialista quando o assunto é motivação e técnicas de aprendizado para adultos.

Artigos recomendados

O que é o Mardi Gras e como ele é celebrado?

O que é o Mardi Gras e como ele é celebrado?

Por trás dos termos Mardi Gras e Carnaval há muito mais do que acontece em Nova Orleans e no Rio de Janeiro.
Como Celebrar o Carnaval no mundo – em 6 idiomas!

Como Celebrar o Carnaval no mundo – em 6 idiomas!

O que vem à cabeça quando você ouve a palavra carnaval? Rio de Janeiro? Bahia? Brasil? Nosso editor Breno Pessoa investigou essa tradição além-mar e descobriu que na Europa também há Carnaval, sim! Embarque nessa viagem de foliões!
Escrito Por Breno Pessoa
Inspiração carnavalesca: As máscaras de carnaval italianas

Inspiração carnavalesca: As máscaras de carnaval italianas

Está sem inspiração para pular esse carnaval? Explicamos aqui a origem de algumas máscaras italianas. Mais estilo para sua folia!
Escrito Por Giulia Depentor