7 estratégias para aprender um idioma em casa

Você está pensando em estudar um idioma por conta própria mas não sabe por onde começar? Nós selecionamos 7 das nossas melhores estratégias para ajudar você a chegar lá.
Escrito Por Babbel
25/04/2020
7 estratégias para aprender um idioma em casa

Talvez você queira aprender um idioma mas não queira deixar de lado a sua vida social tendo que ir para aulas à noite. Ou talvez você não queira gastar fortunas com um professor particular que além de tudo vai ditar as regras. Qual é então a alternativa? Existe realmente um jeito de aprender um idioma no próprio ritmo e tempo e aprendendo aquilo que realmente interessa? (alerta de spoiler: Existe sim!)

Uma das melhores formas é ter controle sobre o seu aprendizado. E para isso acontecer vamos dar uma ajuda com 7 dicas que realmente funcionam – e também com o app da Babbel.

1. Faça seu próprio plano de estudos

Há duas formas de encarar esse problema: ou você se amendronta e se sente incapaz pois deveria ter uma estratégia ou você levanta a cabeça e se sente o todo poderoso por ter o controle completo sobre o seu aprendizado. Nós escolhemos a segunda opção.

Cada aluno tem uma motivação diferente para aprender um idioma e isso é crucial para elaborar sua estratégia, já que ela deve estar de acordo com as suas necessidades. Se você quer aprimorar o seu francês para uma viagem, concentre-se primeiro em frases essenciais. Com a Babbel, você pode ir direto para lições específicas sobre viagens e férias. Se você, contudo, vai conhecer os pais da sua namorada alemã e quer impresionar um pouco, se dedique mais a lições sobre como se apresentar e dominar conversas sobre temas agradáveis. Você pode também ir direto às nossas lições que ensinam como conhecer parentes. Não duvide, temos cursos sobre os mais variados assuntos.

2. Trabalhe em tarefas de acordo com seu nível de conhecimento

Sabemos que idiomas podem ser assustadores. Na verdade, idiomas são maravilhosos e incríveis, mas há também literalmente milhares de palavras em cada língua que podem deixar qualquer um perdido no início e sem saber por onde começar.

Iniciantes devem começar pelo básico, ou seja, como dizer “Olá!”, aprender os verbos mais comuns, os adjetivos mais importantes e número e contas. Ainda – e isso pode soar como balela – você não precisa começar com coisas simples se você não quiser. Com a Babbel, você tem a liberdade de pular de uma lição para a outra e explorar o conteúdo completo. Você pode até mesmo começar aprendendo só gramática, pronúncia e a estrutura das sentenças se esse for o melhor jeito para você aprender.

A Babbel não tem níveis “bloqueados” desde o início pois é um app de aprendizado de idiomas, e não o jogo do Super Mario.

Você pode se beneficiar da mesma lógica se você já tem um nível mais avançado. E, nesse caso, você terá ainda mais liberdade para estudar o que quiser. Talvez você queira reclicar conhecimentos e atualizar o que aprendeu na escola (que tal um curso de revisão da Babbel?) mas, se quiser, você também pode mergulhar diretamente na leitura de um livro para o nível intermediário. Ou então, agora que o básico da gramática não é mais nenhum mistério, talvez seja a hora de aprender algumas gírias.

3. Aprenda o idioma como é realmente falado

Esse é sem dúvida um dos aspectos mais difíceis ao tentar aprender um idioma por conta própria. Saber ler as palavras de um idioma é extremamente importante, mas não ensinará a pronúncia de um falante nativo. Essa é razão pela qual você precisa complementar o seu aprendizado ouvindo falantes nativos e praticando os sons da língua. Ouvir podcasts é uma ótima opção nesse caso. Podemos dizer o mesmo sobre assistir TV e filmes (sem legendas!).

Mas como então praticar os sons do idioma? Isso é um pouquinho mais complicado, porém possível. O app da Babbel foi desenvolvido com um software para reconhecimento de voz. Assim, você pode praticar sua pronúncia logo após ouvir um falante nativo. Nós oferecemos um aplicativo de idiomas que se orgulha por saber que é realmente útil. Você perceberá quando conversar com pessoas reais em situações reais.

O app da Babbel tem um software de reconhecimento de voz para você poder praticar a pronúncia logo após ouvir um falante nativo.

4. Não sobrecarregue seu cérebro

Pode ser tentador fazer uma lição atrás da outra quando você entra no ritmo de estudo. Ou talvez você ache que você deveria estudar ao menos 2 horas por dia pois é assim que você normalmente estuda. Lamentamos em dizer, mas esse aprendizado compulsivo não é muito eficaz.

Diminua a velocidade de seu aprendizado para fixar o vocabulário na sua memória de longo prazo. Essa é a chave do sucesso. Estudar 15 minutos por dia é, na verdade, a melhor estratégia para se tornar um falante. Por sorte, essa é a estratégia que a Babbel usa quando desenvolve suas lições. Todas as nossas lições duram de 5 a 15 minutos e se encaixam perfeitamente naquele tempo do seu dia que parece perdido. Entediado no transporte público? Mergulhe em uma lição sobre férias na Itália. Preso em uma fila gigantesca no banco? Hora para se aprofundar em expressões idiomáticas em espanhol. Você decide onde e quando quer estudar e você verá que essa é realmente a melhor forma.

5. Revise o que você aprendeu

Sim, revisar aquilo que você aprendeu pode parecer uma tarefa bem chata em comparação com aprender coisas novas. Mas se você realmente quer aprender um idioma e não somente memorizar umas frases engraçadas, você precisará revisar o que fez. É o dever de casa.

No app da Babbel, há um sistema de revisão incluído que garante que você não esqueça o que aprendeu ao criar uma lista com o vocabulário aprendido durante sua jornada. A melhor parte é que nosso aplicativo aprende com o seu progresso, ou seja, palavras que você já memorizou não aparecem com frequência nas revisões, enquanto palavras que trazem mais problemas para memorizar são mostradas frequentemente. Desse jeito, você emprega a sua energia onde é necessário.

Enquanto você se envolve com as lições da Babbel, nossa Revisão trabalha em segundo plano, criando uma lista com o vocabulário aprendido.

6. Mergulhe no aprendizado e crie um hábito

Diferentemente do aprendizado em salas de aulas tradicionais, aprender um idioma por conta própria dá uma liberdade incrível. Essa liberdade pode ser uma dádiva se você não é um aluno tradicional, mas também pode acabar em uma preguiça. Por essa razão, é muito importante mergulhar no idioma sempre que possível e torná-lo um hábito.

Nós, da Babbel, também tentamos ajudar você a criar um hábito. Para isso, enviamos lembretes para que você não se esqueça de revisar suas lições. Calma, não vamos incomodar! Mas essa abordagem diária é o que manterá o conteúdo fresco e ativo na sua mente. Além disso, não estaremos enviando deveres de casa maçantes, mas sim testes divertidos para você se manter motivado todos os dias.

7. Incorpore outros recursos e as mídias sociais no aprendizado

Não queremos nos gabar mas na Babbel só existem, quase que exclusivamente, geeks dedicados a idiomas que produzem um conteúdo de primeira linha para manter os alunos motivados e entretidos. Desde nossos desafios linguísticos no Youtube até nossas histórias no Instagram, passando por nossa revista constantemente atualizada e a nossa página no Facebook, nós procuramos compartilhar nossa paixão por idiomas com o maior número possível de pessoas.

Mesmo que você não esteja usando (somente) nossos recursos, é bom se cercar de outros tipos de mídias que o motivem, assim como contatar alunos que pensam como você. Para aprender um idioma por conta própria, você precisa criar uma rede de suporte. E tenha certeza, você consegue fazer isso. Então, embarque nessa jornada e domine o idioma dos seus sonhos.


Sabemos que aprender em casa não é uma tarefa fácil, assim reunimos aqui os nossos melhores recursos para aprender por conta própria:

> Os 20 verbos mais usados em inglês

> Os 20 verbos em alemão mais usados

> “Filler words”: usar ou não usar?

Como aprender melhor um idioma depois de adulto 

Como aprender mais rápido um idioma em apenas 15 minutos por dia

Você quer aprender inglês?
Baixe agora o app da Babbel
Author Headshot
Babbel
Somos uma equipe de 750 pessoas originárias de 50 países, mas com uma paixão em comum: idiomas. Dos nossos escritórios em Berlim e Nova York, ajudamos outras pessoas a descobrir as maravilhas proporcionadas pelo ensino online de idiomas. Atualmente, oferecemos 14 idiomas de aprendizado — de espanhol a indonésio —, acessados por milhões de usuários.
Somos uma equipe de 750 pessoas originárias de 50 países, mas com uma paixão em comum: idiomas. Dos nossos escritórios em Berlim e Nova York, ajudamos outras pessoas a descobrir as maravilhas proporcionadas pelo ensino online de idiomas. Atualmente, oferecemos 14 idiomas de aprendizado — de espanhol a indonésio —, acessados por milhões de usuários.

Artigos recomendados

Um mês grátis para todos os estudantes afetados pelo fechamento das escolas e universidades.

Um mês grátis para todos os estudantes afetados pelo fechamento das escolas e universidades.

Aprendizado, crescimento e conexão estão no centro de tudo o que fazemos na Babbel. Essa é a razão para estarmos dando um mês de acesso grátis a Babbel para todos os estudantes afetados pelo fechamento das escolas, cursos técnicos, cursinhos e universidades.
Escrito Por Babbel
Entrevista de emprego: como ter outros idiomas no currículo pode turbinar as suas chances!

Entrevista de emprego: como ter outros idiomas no currículo pode turbinar as suas chances!

Você não precisa ter um talento para aprender um idioma, mas é necessário ter a vontade de aprender. Na hora da entrevista, mostrar fluência pode ser importante, mas acredite, mostrar que você pode ficar fluente é mais ainda!
Os 20 verbos em espanhol mais comuns

Os 20 verbos em espanhol mais comuns

Você está aprendendo espanhol e não sabe nem por onde começar? Veja a seguir nosso guia prático com os 20 verbos mais usados, sua conjugação e uso em uma frase. ¡Vamos!